Satélite espião de Israel revela detalhes da histórica cidade síria de Palmira (FOTOS)

Nos siga noTelegram
O satélite, construído pelas Indústrias Aeroespaciais de Israel (IAI, na sigla em inglês), foi lançado em julho, se somando a outros dois já em órbita.

As IAI e o Ministério da Defesa de Israel revelam as primeiras imagens tiradas pelo satélite Ofek-16 de Palmira, na Síria. O local, considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, foi destruído em parte pelo Daesh (movimento terrorista proibido na Rússia e em outros países).

​As IAI revelaram as primeiras imagens do seu satélite Ofek-16 na Síria ao se preparar para uma operação

As imagens em alta definição e em preto e branco demonstram o anfiteatro de Palmira, além dos restos do Tempo de Bel, um local sagrado na cultura da Mesopotâmia.

O Ministério da Defesa de Israel disse que não havia nenhum significado oculto em especial para a escolha do local e publicação das fotos.

O avançado satélite, alegadamente, leva uma câmera espacial eletro-óptica da Elbit Systems, empresa israelense de tecnologia de defesa. A câmera pode fotografar um território de até 15 quilômetros quadrados com uma resolução de 50 centímetros em somente uma foto de uma altitude de 600 quilômetros.

O Ofek-16 foi lançado em órbita em 6 de julho da Base Aérea de Palmachim, no centro de Israel, que serve de base de lançamentos espaciais israelenses. Minimamente, o país tem outros dois satélites militares envolvidos em missão de inteligência.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала