Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Agropecuária brasileira perdeu 391 mil postos de trabalho durante pandemia da COVID-19, diz pesquisa

© Folhapress / Joel Silva Colheita de cana mecanizada na Usina Santo Antônio, em Sertãozinho (SP).
 Colheita de cana mecanizada na Usina Santo Antônio, em Sertãozinho (SP).  - Sputnik Brasil
Nos siga no
Uma pesquisa feita pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) mostrou que o setor de agropecuária brasileiro perdeu 391 mil empregos durante a pandemia da COVID-19.

Segundo o levantamento divulgado nesta sexta-feira (7) pela própria entidade, a força de trabalho no setor foi reduzida para 7,976 milhões de pessoas.

Os dados levam em consideração as informações da PNAD Contínua mensal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Cepea considerou o número atual de ocupados e o quanto era esperado do setor em um período normal.

"Quando considerado o modelo do Cepea, o número de pessoas ocupadas na agropecuária no trimestre móvel encerrado em junho ficou 4,7% ou 391 mil pessoas abaixo do que era esperado para esse período. Mas, esse choque ainda refletiu principalmente o efeito negativo acentuado verificado em maio, sendo observada certa estabilidade em junho", escreveu o centro em nota.

O Cepea afirmou que lançará outros relatórios sobre a ocupação de postos de trabalho no setor de agropecuária na medida em que novos relatórios do IBGE ficarem disponíveis.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала