Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

NASA simula pôr do sol em planetas do nosso Sistema Solar em VÍDEO espetacular

Nos siga no
Um grupo de cientistas da NASA criou diversas simulações para ver como seria o pôr do sol em diferentes planetas do nosso Sistema Solar e em um exoplaneta.

O grupo, liderado pelo argentino Gerónimo Villanueva, astrônomo do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA, projetou o pôr do sol em Vênus, Marte, Urano, Titã (uma das luas naturais de Saturno) e no exoplaneta Trappist-1e.

O pôr do sol é resultado da interação da luz projetada por nossa estrela, incluindo todas as cores do arco-íris, com os gases e a poeira da atmosfera. Por isso, em cada planeta parece distante: quanto menor a atmosfera, menos impressionante é o pôr do sol.

Este projeto é parte dos preparativos para uma possível missão de pesquisa em Urano. O planeta gasoso possui muitos mistérios e qualquer leitura de sua atmosfera precisaria interpretar os níveis de luz que chegam aos sensores da nave espacial.

Com os dados da simulação, a sonda poderia entender melhor o que está buscando e poderia avaliar melhor a composição da atmosfera à medida que absorve a luz, analisando que comprimentos de onda se dispersam e por qual motivo.

Os novos modelos fazem parte do gerador de espectro planetário, construído por Villanueva e seus colegas, e são utilizados para interpretar a luz que chega aos telescópios e decodificá-la para tentar compreender como é a atmosfera em outros mundos.

Um amarelo brilhante se torna laranja, marrom e por fim preto à medida que o Sol desaparece em Vênus. Devido ao giro do planeta sobre seu eixo de maneira muito lenta, para ver um pôr do sol é preciso esperar em torno de 116 vezes o tempo que esperamos na Terra.

Marte, o único outro planeta em que temos uma oportunidade real de viver, tem um pôr do sol de cinema, com uma mescla de cores marrom e amarelo brilhantes que cria a atmosfera quando o Sol desaparece atrás do horizonte.

Além disso, o rover Curiosity revelou imagens que mostram as tardes no Planeta Vermelho. Os dias podem terminar com um tom azulado, já que a poeira dispersa os comprimentos de onda vermelha da luz fora da visão, mostrando os comprimentos de onda azuis.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала