Trump diz que EUA vão classificar movimento antifascista como grupo terrorista

© AP Photo / Seth WenigPresidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante reunião do Clube Econômico de Nova York, em 13 de novembro de 2019
Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante reunião do Clube Econômico de Nova York, em 13 de novembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o seu país deve classificar o movimento antifascista como uma organização terrorista.

A notícia foi dada pelo chefe de Estado neste domingo (31), através de seu Twitter, pouco depois de ele defender o amplo uso da Força Nacional para reprimir manifestações da esquerda ao longo de diversas cidades e estados norte-americanos.

​Os Estados Unidos da América irão designar o ANTIFA como uma organização terrorista.

O ANTIFA, criticado por Trump, é um dos diferentes grupos envolvidos nas manifestações que tomaram conta dos EUA após um novo caso de violência policial contra a população negra do país, que resultou na morte do ex-segurança George Floyd, em Minneapolis, no Minnesota.

Na última segunda-feira (25), George Floyd, cidadão de 46 anos, morreu sem ar, após ter sido imobilizado por um policial branco, que passou vários minutos com o joelho pressionando o pescoço do detento, que teria tentado usar uma nota de 20 dólares falsa. A ação foi filmada por pessoas que passavam pelo local e divulgada na Internet, provocando grande indignação na sociedade americana.

A violência vista no caso Floyd motivou uma nova série de protestos nos Estados Unidos contra o racismo estrutural da polícia norte-americana, cuja existência foi desmentida pelo assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Donald O'Brien, neste domingo (31).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала