Mais de 300 pessoas são detidas na Alemanha durante protestos contra o isolamento social

© REUTERS / Fabrizio BenschEm frente ao Reichstag, em Berlim, policiais com máscaras detém um manifestante que protestava contra as medidas de isolamento social na Alemanha durante a pandemia da COVID-19.
Em frente ao Reichstag, em Berlim, policiais com máscaras detém um manifestante que protestava contra as medidas de isolamento social na Alemanha durante a pandemia da COVID-19. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia alemã prendeu cerca de 300 pessoas por violação das regras de distanciamento social durante manifestações no domingo (17), em Berlim, para protestar contra as restrições sociais impostas no país para o controle da pandemia do novo coronavírus.
"No geral, mais de 300 pessoas foram detidas e investigações sobre violações da ordem pública foram iniciadas", afirmou a polícia em comunicado, acrescentando que todas as pessoas, exceto duas, foram libertadas.

Ao todo, 19 manifestações foram realizadas na capital alemã, um número abaixo dos 21 protestos registrados no sábado (16). A Alemanha impôs regras sanitárias proibindo reuniões com mais de 50 pessoas, o que tem causado detenções em protestos realizados no país. Manifestações semelhantes ocorreram também no final de semana anterior.

As manifestações do domingo (17) tiveram confrontos com a polícia, sendo que cinco policiais ficaram feridos, incluindo um policial que precisou de hospitalização.

© REUTERS / Christian MangUm manifestante é detido por policiais na Alemanha durante um protesto em Berlim em 9 de maio de 2020, em meio à pandemia da COVID-19.
Mais de 300 pessoas são detidas na Alemanha durante protestos contra o isolamento social - Sputnik Brasil
Um manifestante é detido por policiais na Alemanha durante um protesto em Berlim em 9 de maio de 2020, em meio à pandemia da COVID-19.

Os manifestantes protestam contra o bloqueio imposto a partir de 21 de abril, quando o governo federal começou a diminuir as restrições sociais deflagradas para limitar a propagação do vírus durante a pandemia. O Ministério do Interior do país alertou sobre radicais de direita que tentam usar a crise para alcançar objetivos particulares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала