Trump suspende imigração nos EUA em meio à pandemia da COVID-19

© REUTERS / Tom BrennerPresidente dos EUA, Donald Trump, em frente a gráfico intitulado "Metas de Mitigação Comunitária" mostrando as mortes projetadas nos EUA em meio à pandemia, durante briefing diário de resposta ao coronavírus na Casa Branca em Washington, EUA, em 31 de março de 2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, em frente a gráfico intitulado Metas de Mitigação Comunitária mostrando as mortes projetadas nos EUA em meio à pandemia, durante briefing diário de resposta ao coronavírus na Casa Branca em Washington, EUA, em 31 de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse durante uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (22) que assinou uma ordem executiva para suspender temporariamente a imigração nos EUA devido à pandemia do novo coronavírus.
"Acabei de assinar uma ordem executiva suspendendo temporariamente a imigração para os Estados Unidos", disse Trump na Casa Branca nesta quarta-feira.

Trump disse que seu pedido faz parte de um esforço para proteger empregos e conservar recursos médicos para os cidadãos norte-americanos durante a pandemia. O presidente dos EUA disse ainda que a ordem executiva tem vigor por 60 dias e que poderá estender ou modificar a ordem antes do final do prazo.

A Casa Branca afirmou em comunicado que haverá isenções para os imigrantes que são trabalhadores essenciais na luta contra a pandemia, como profissionais médicos e agricultores. O comunicado também disse que cônjuges imigrantes e filhos de cidadãos norte-americanos também estão isentos da suspensão.

Os EUA têm cerca de 838 mil casos confirmados de COVID-19, com mais de 46 mil mortes causadas pela doença, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала