Aposentado ativa por acaso assento ejetável de caça durante decolagem (FOTOS)

© REUTERS / Pascal RossignolDassault Rafale, jato francês, faz um voo de demonstração
Dassault Rafale, jato francês, faz um voo de demonstração - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um francês de 64 anos ficou ferido depois de ativar acidentalmente o assento ejetável da cabine de um caça Rafale-B durante a decolagem de um voo de demonstração.

O episódio ocorreu em março de 2019, mas veio a publico após a conclusão do relatório final do incidente, publicado pela Agência de Investigação de Acidentes Aéreos da França, enfatizando que o aposentado havia ganhado um voo como presente de aposentadoria

​Os colegas dele fizeram uma surpresa com um voo em um caça. Ele acidentalmente se ejetou durante o voo.

O passageiro, que "não pertence ao Ministério das Forças Armadas [francês]", se ejetou ao acionar a alavanca de ejeção da aeronave, após entrar em pânico durante a decolagem.

O relatório final descreveu que o civil, cuja frequência cardíaca chegou a 142 batimentos por minuto, "nunca expressou desejo de realizar este tipo de viagem no Rafale", cita o tabloide Daily Mail.

​Um homem de 64 anos se ejetou acidentalmente de um caça a 2.500 pés [762 metros].

A investigação também revelou que a viseira do aposentado estava levantada, além de não ter vestido corretamente as calças antigravidade, e que seu capacete e sua máscara de oxigênio não estavam unidos, devido ao insuficiente controle de segurança.

​​Um homem de 64 anos se ejetou acidentalmente de um caça a 2.500 pés [762 metros].

O piloto da aeronave sofreu ferimentos leves nas mãos, que foram causados pelo rompimento do canopy.

O incidente causou a paralisação de parte da frota francesa de Rafale por diversos dias, como medida de precaução enquanto o caso era investigado, segundo o The Aviationist.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала