Trump diz que pode fechar Nova York por causa do coronavírus

© REUTERS / Andrew KellyMulher com máscara de proteção em Manhattan, Nova York, nos EUA, 11 de março de 2020
Mulher com máscara de proteção em Manhattan, Nova York,  nos EUA, 11 de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente estadunidense, Donald Trump, disse neste sábado (28) que poderá proibir viagens de entrada e saída para Nova York para limitar a propagação do novo coronavírus. 

Os Estados Unidos se tornaram o novo epicentro da COVID-19, nome da doença provocada pelo vírus. 

Segundo Trump, a quarentena seria imposta em Nova York, Nova Jersey e partes de Connecticut, com objetivo de proteger estados não tão impactados pelo coronavírus. 

"Na Flórida está ocorrendo problemas. Muitos novaiorquinos estão viajando para lá. Não queremos isso", disse o presidente, segundo a agência Reuters. 

Profissionais de saúde de Nova York alertam para a falta de material médico e máscaras para combater a COVID-19. 

O governador do estado, Andrew Cuomo, disse que não foi informado sobre uma possível quarentena. 

"Nem sequer sei o que isso significa. Não sei como isso seria colocado em prática legalmente, e do ponto de vista médico, não sei se seria possível implementá-la", afirmou. 

Congresso dos EUA aprovou pacote de US$ 2,2 trilhões

Na sexta-feira (27), a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou pacote sem precedentes de estímulo à economia, no valor de US$ 2,2 trilhões. A medida já tinha sido aprovada pelo Senado. 

De acordo com o mapa interativo da Universidade John Hopkins, os casos confirmados de coronavírus nos EUA são 119.748, com 1.991 mortes. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала