Trump autoriza mobilização de até 1 milhão de reservistas militares no combate à COVID-19

© REUTERS / Jeenah MoonMilitares do Exército dos EUA reunidos em Manhattan para combater o coronavírus, Nova York, EUA, 27 de março de 2020
Militares do Exército dos EUA reunidos em Manhattan para combater o coronavírus, Nova York, EUA, 27 de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente americano Donald Trump assinou um decreto sobre mobilização de reservistas militares e da Guarda Costeira dos EUA para conter a proliferação do coronavírus, segundo documento distribuído pela Casa Branca.

A ordem autoriza os secretários do Exército, da Marinha, da Força Aérea e da Segurança Interna a chamar ao serviço ativo até 1 milhão de reservistas por um período máximo de 24 meses consecutivos.

"Isto nos permitirá mobilizar pessoal médico de resposta a desastres para ajudar a travar nossa batalha contra o vírus", disse Trump. "Temos muitas pessoas, aposentados, grandes militares, eles estão voltando."

Segundo o último balanço, o número de casos relatados de infecção pelo coronavírus no país norte-americano ultrapassou 104 mil, com mais de 1.700 mortes. Com essas estatísticas, os EUA são o primeiro país do mundo em número de infectados.

© REUTERS / Doug Mills Presidente dos EUA, Donald Trump, durante pronunciamento à nação sobre o coronavírus, em Washington, em 11 de março de 2020
Trump autoriza mobilização de até 1 milhão de reservistas militares no combate à COVID-19 - Sputnik Brasil
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante pronunciamento à nação sobre o coronavírus, em Washington, em 11 de março de 2020

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto da nova infecção pelo coronavírus uma pandemia no dia 11 de março. De acordo com os últimos dados, mais de 598 mil pessoas já estão infectadas no mundo e mais de 27 mil morreram.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала