Novo coronavírus faz Bolívia suspender eleições por tempo indeterminado

© AP Photo / Juan KaritaPresidenta autoproclamada da Bolívia, Jeanine Áñez, sorri durante cerimônia de posse de seu gabinete de ministros, em 13 de novembro de 2019, após golpe de Estado na Bolívia
Presidenta autoproclamada da Bolívia, Jeanine Áñez, sorri durante cerimônia de posse de seu gabinete de ministros, em 13 de novembro de 2019, após golpe de Estado na Bolívia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia anunciou neste sábado (21) a suspensão por tempo indeterminado das eleições presidenciais marcadas para o dia 3 de maio por conta da pandemia do novo coronavírus.

"O Supremo Tribunal Eleitoral decide, primeiro e excepcionalmente, a suspensão do calendário e do cronograma eleitoral por um período de 14 dias, a partir de zero horas no domingo, 22 de março", disse ele em nota.

O presidente do Supremo Tribunal Eleitoral, Salvador Romero, indicou que a nova data dos comícios deve ser definida "com apoio técnico" e "deve ter avaliações científicas a partir de estimativas sérias da evolução da pandemia".

"A nova data da eleição deve ser escolhida sem viés a favor ou contra qualquer organização ou candidatura política", acrescentou.

Neste sábado, o governo da autoproclamada presidente interina, Jeanine Añez, declarou quarentena total, que entrará em vigor a partir deste domingo (22) e vai durar 14 dias, como uma medida extrema para combater a nova pandemia de coronavírus.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала