Especialista descobre característica traiçoeira do coronavírus

© AP Photo / Ahn Young-joonPara deter propagação do coronavírus, homem aplica desinfetante em mercado na China
Para deter propagação do coronavírus, homem aplica desinfetante em mercado na China - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um especialista russo em epidemiologia descobriu uma particularidade do novo coronavírus SARS-CoV-2 que pode provocar erros em exames de detecção.

O novo coronavírus pode desaparecer e reaparecer no corpo, ainda que vários testes sejam realizados para identificá-lo, afirma o acadêmico Viktor Maleev, do Instituto Central de Pesquisa em Epidemiologia do Serviço Federal de Defesa dos Direitos dos Consumidores e Bem-Estar Humano (Rospotrebnadzor, em russo).

"O novo coronavírus possui uma capacidade de aparecer e desaparecer no corpo. O que isso significa? Por exemplo, se um paciente se desidrata, gargareja muito, respira algo, então, é possível que o vírus não apareça na análise. Contudo, aparece em um segundo teste. Portanto, é necessário refazer o teste várias vezes", declarou o especialista à Sputnik.

No fim de 2019, o coronavírus se originou na província de Hubei, no centro do gigante asiático, rapidamente se expandindo para todo o globo. Atualmente, a China tem se recuperado, com a desaceleração massiva de novos casos. Contudo, o continente europeu passou a ser o novo epicentro do vírus, motivo pelo qual a Organização Mundial de Saúde o qualificou como pandemia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала