Sudeste do Brasil é castigado por temporal devastador

Nos siga noTelegram
Seleção de fotos mostra como chuvas afetaram moradores do Rio de Janeiro e do Guarujá.

Após forte temporal atingir diferentes localidades do litoral do Sudeste por mais de um dia, rastro de destruição é revelado com a água aparecendo em nível menor nas imagens.

Carros, residências e ruas asfaltadas foram fortemente prejudicados, enquanto diversas pessoas morreram e dezenas continuam desaparecidas.

© REUTERS / Ricardo MoraesMoradores tentam remover carros danificados de um rio que transbordou no bairro de Realengo, no Rio de Janeiro, após fortes chuvas. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Moradores tentam remover carros danificados de um rio que transbordou no bairro de Realengo, no Rio de Janeiro, após fortes chuvas - Sputnik Brasil
1/10
Moradores tentam remover carros danificados de um rio que transbordou no bairro de Realengo, no Rio de Janeiro, após fortes chuvas. Foto tirada em 2 de março de 2020.
© AP Photo / Nelson AntoineEquipes de resgate buscam vítimas de deslizamento de terra após fortes chuvas na cidade litorânea de Guarujá (SP). Entretanto, o temporal na região Sudeste causou a morte de pelo menos 16 pessoas, enquanto dezenas estão desaparecidas.
Equipes de resgate buscam vítimas de deslizamento de terra após fortes chuvas na cidade litorânea de Guarujá (SP) - Sputnik Brasil
2/10
Equipes de resgate buscam vítimas de deslizamento de terra após fortes chuvas na cidade litorânea de Guarujá (SP). Entretanto, o temporal na região Sudeste causou a morte de pelo menos 16 pessoas, enquanto dezenas estão desaparecidas.
© AP Photo / Silvia IzquierdoMoradores observam estragos provocados pelas chuvas que causaram alagamento no bairro de Realengo, na Zona Oeste da capital fluminense. Foto tirada em 2 março de 2020.
Moradores observam estragos provocados pelas chuvas que causaram alagamento no bairro de Realengo, na Zona Oeste da capital fluminense - Sputnik Brasil
3/10
Moradores observam estragos provocados pelas chuvas que causaram alagamento no bairro de Realengo, na Zona Oeste da capital fluminense. Foto tirada em 2 março de 2020.
© AP Photo / Silvia IzquierdoCarro quase de cabeça para baixo em quintal de casa no bairro de Realengo após fortes chuvas atingirem o local. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Carro quase de cabeça para baixo em quintal de casa no bairro de Realengo após fortes chuvas atingirem o local - Sputnik Brasil
4/10
Carro quase de cabeça para baixo em quintal de casa no bairro de Realengo após fortes chuvas atingirem o local. Foto tirada em 2 de março de 2020.
© AP Photo / Silvia IzquierdoVeículos arrastados pelo forte aguaceiro no Rio de Janeiro acabam presos em um riacho de Realengo. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Veículos arrastados pelo forte aguaceiro no Rio de Janeiro acabam presos em um riacho de Realengo - Sputnik Brasil
5/10
Veículos arrastados pelo forte aguaceiro no Rio de Janeiro acabam presos em um riacho de Realengo. Foto tirada em 2 de março de 2020.
© AP Photo / Silvia IzquierdoRua de Realengo, no município do Rio, mostra destruição provocada por fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Rua de Realengo, no município do Rio, mostra destruição provocada por fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias - Sputnik Brasil
6/10
Rua de Realengo, no município do Rio, mostra destruição provocada por fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias. Foto tirada em 2 de março de 2020.
© AP Photo / Nelson AntoineCasa desmoronada no município do Guarujá (SP) após fortes chuvas atingirem o local. Foto tirada em 3 de março de 2020.
Casa desmoronada no município do Guarujá (SP) após fortes chuvas atingirem o local - Sputnik Brasil
7/10
Casa desmoronada no município do Guarujá (SP) após fortes chuvas atingirem o local. Foto tirada em 3 de março de 2020.
© AFP 2022 / Mauro PimentelMulher tira água suja de garagem de casa no bairro carioca de Realengo, na Zona Norte da cidade após fortes chuvas. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Mulher tira água suja de garagem de casa no bairro carioca de Realengo, na Zona Norte da cidade após fortes chuvas - Sputnik Brasil
8/10
Mulher tira água suja de garagem de casa no bairro carioca de Realengo, na Zona Norte da cidade após fortes chuvas. Foto tirada em 2 de março de 2020.
© AP Photo / Silvia IzquierdoRiacho se torna cemitério de carros levados pelo aguaceiro forte no Rio de Janeiro. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Riacho se torna cemitério de carros levados pelo aguaceiro forte no Rio de Janeiro - Sputnik Brasil
9/10
Riacho se torna cemitério de carros levados pelo aguaceiro forte no Rio de Janeiro. Foto tirada em 2 de março de 2020.
© AP Photo / Silvia IzquierdoCadeira de ferro cobre buraco aberto no asfalto em rua do bairro de Realengo, enquanto água escoa para o interior do buraco após fortes chuvas afetarem o Rio de Janeiro. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Cadeira de ferro cobre buraco aberto no asfalto em rua do bairro de Realengo - Sputnik Brasil
10/10
Cadeira de ferro cobre buraco aberto no asfalto em rua do bairro de Realengo, enquanto água escoa para o interior do buraco após fortes chuvas afetarem o Rio de Janeiro. Foto tirada em 2 de março de 2020.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала