Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Número de mortos por chuvas em Minas Gerais sobe para 57

© Folhapress / Uarlen Valerio/O Tempo/FolhapressEstragos provocados por chuvas que castigaram Minas Gerais em janeiro de 2020
Estragos provocados por chuvas que castigaram Minas Gerais em janeiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Mulher atingida por um muro que caiu devido às chuvas em Minas Gerais não resistiu aos ferimentos e morreu neste domingo (2), aumentando o número de vítimas fatais pelos temporais no estado para 57. 

No Espírito Santo, 10 pessoas morreram em função das fortes chuvas que também atingiram o estado no final de janeiro.   

Miriam Azevedo Damasceno, de 38 anos, foi atingida pelo escombros do muro no dia 24 de janeiro, em Caratinga, no Vale do Aço. 

Ela tinha estacionado o carro e estava saindo do veículo quando um barranco desabou. A perna da vítima foi esmagada e precisou ser amputada.

Segundo familiares, ela estava com infecção e febre. Na manhã deste domingo, a mulher teve uma parada cardíaca e morreu. A informação foi confirmada hoje pela Defesa Civil Estadual, segundo matéria publicada no portal G1.

No sábado (1º), houve chuva de granizo em vários bairros de Belo Horizonte, mas o Corpo de Bombeiros informaram que não houve ocorrências de maior gravidade. O mês de janeiro foi o mais chuvoso da história da cidade.

Mais de 100 municípios mineiros decretaram estado de emergência em função dos alagamentos, desmoronamento de construções, transbordamento de rios e deslizamento de terras. 

Milhares de desalojados e desabrigados em MG e ES

Segundo boletim da Defesa Civil de Minas Gerais divulgado neste domingo, 45,2 mil pessoas estão desalojadas de suas residências e 8,2 mil perderam casa. O número de feridos é de 67. 

No Espírito Santo, o número de desalojados era 12,7 mil pessoas e mais de 2 mil estavam desabrigadas.

O governo federal anunciou na quinta-feira (30) que vai liberar crédito de R$ 892 milhões para Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, estados do Sudeste mais afetados pelas chuvas de janeiro. Antes, já tinham sido destinados R$ 90 milhões para as cidades com situação mais precária. 

Além disso, o saldo do FGTS será liberado para as vítimas dos temporais.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала