Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Encontrada embarcação desaparecida no Triângulo das Bermudas há quase um século

© AP Photo / Hons Destroços do navio naufragado "Esmeralda", da frota do explorador português Vasco de Gama (imagem referencial)
Destroços do navio naufragado Esmeralda, da frota do explorador português Vasco de Gama  (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Na Flórida foram encontrados os destroços de uma embarcação perdida na região do Triângulo das Bermudas há quase um século, afirma equipe de pesquisadores.

O navio mercante a vapor Cotopaxi deixou em 1925 o porto de Charleston, nos EUA, carregado de carvão, mas desapareceu sem deixar vestígios antes de chegar a Havana. Seu destino e de sua tripulação de 32 pessoas permaneceu um mistério para especialistas, se tornando mais uma lenda associada ao Triângulo das Bermudas – uma região do oceano Atlântico famosa por vários navios e aviões terem desaparecido em circunstâncias misteriosas, revela a revista Newsweek.

"O Cotopaxi estava fazendo uma viagem rotineira", afirmou à publicação Newsweek Michael Barnette, explorador subaquático e especialista em biologia marinha. "Foi empregado no comércio de carvão e, portanto, esta era somente mais uma viagem no fim de novembro de 1925. Sabemos que nessa viagem algo aconteceu porque no início de dezembro foi enviado um pedido de socorro."

O pesquisador acrescenta que nem mesmo barcos salva-vidas, corpos ou destroços foram encontrados desde então. A história ganhou notoriedade e até mesmo foi representada no filme clássico de ficção científica "Contatos Imediatos de Terceiro Grau", uma das obras do diretor Steven Spielberg.

Agora, após quase um século de incertezas e especulações, surgiu uma explicação mais realista. Uma equipe de pesquisadores afirma ter localizado os destroços a 35 milhas (64 quilômetros) da costa de St. Augustine, no estado norte-americano da Flórida.

A equipe de pesquisadores coletou informações e identificou que a embarcação poderia estar perto do porto de St. Augustine, um movimentado porto no período colonial, que tem muitos destroços de naufrágios em sua proximidade. Assim, além de efetuarem mergulhos na área, foi enviado um veículo subaquático remotamente operado para explorar um naufrágio que tem intrigado os pesquisadores por décadas.

Barnette descreve o momento em que se confirmou que se tratava do Cotopaxi como uma "descarga elétrica". O explorador acrescenta que "cada um desses destroços tem sua própria história, e muitas vezes é possível que você esbarre com o Triângulo das Bermudas".

A região continua a guardar mistérios, fascinando exploradores do mundo inteiro que buscam no oceano Atlântico mais indícios de trágicos desaparecimentos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала