Trump afirma que Irã está por trás de ataques contra embaixada dos EUA em Bagdá

© AP Photo / Khalid MohammedManifestantes próximos à Embaixada dos EUA em Bagdá, no Iraque, no dia 31 de dezembro de 2019
Manifestantes próximos à Embaixada dos EUA em Bagdá, no Iraque, no dia 31 de dezembro de 2019 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, acusou o Irã de ter organizado o ataque contra a Embaixada dos EUA em Bagdá, no Iraque.

O presidente expressou essa posição na sua página no Twitter.

Irã matou um empreiteiro estadunidense, ferindo muitos. Nós respondemos com firmeza, e sempre o faremos. Agora o Irã está orquestrando um ataque contra a Embaixada dos EUA no Iraque. Eles serão totalmente responsáveis. Além disso, nós esperamos que o Iraque use suas forças para proteger a Embaixada e disso o notificamos!

Manifestantes em Bagdá incendiaram a cerca da Embaixada dos EUA em um ato de condenação dos ataques aéreos contra milícias xiitas. A parede da Embaixada dos EUA está tomada pelo fogo, ao lado estão jovens gritando slogans antiamericanos e atirando pedras em direção ao edifício diplomático.

Os protestos se iniciaram logo após os funerais das vítimas dos ataques de drones dos EUA contra o agrupamento xiita Kata'ib Hezbollah.

O corpo diplomático da Embaixada dos EUA, inclusive o embaixador, foram antes evacuados do edifício da missão diplomática e já abandonaram o Iraque.

Antes os EUA atacaram cinco objetivos do Hezbollah no Iraque e na Síria "em resposta aos continuados ataques do Kata'ib Hezbollah contra bases iraquianas". O Pentágono explicou que essas ações foram tomadas em resposta ao ataque do grupo contra a base iraquiana de Kirkuk que provocou a morte de um cidadão dos EUA e deixou quatro militares estadunidenses feridos.

Os EUA acusam o Irã de financiar o Hezbollah.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала