Rússia: estatais comprarão 8 vezes mais software doméstico em 2020

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensPrimeiro-ministro russo Dmitri Medvedev visita uma empresa de software
Primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev visita uma empresa de software - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As estatais russas pretendem aumentar as compras de softwares domésticos em mais de 8 vezes em meio ao processo de implementação de substituição de importações na Rússia.

Em 2019, a compra de software nacional acumulou o valor de, 10 bilhões de rublos. A expectativa para 2020 é de que esse valor salta para 82 bilhões de rublos, disse o vice-primeiro-ministro da Rússia, Maksim Akimov, nesta quarta-feira (25).

"Graças à política de substituição de importações, as empresas estatais gastaram mais de 10 bilhões de rublos na compra de software russo em 2019. Nosso objetivo em 2020 é aumentar esse valor para 82 bilhões de rublos e para 150 bilhões de rublos em 2021", disse Akimov em uma reunião sobre projetos nacionais no Kremlin.

Segundo o vice-primeiro-ministro, as autoridades públicas russas compraram 220 mil aplicativos de escritórios domésticos e 520 mil aplicativos antivírus no valor de mais de 1 bilhão de rublos este ano.

A Rússia segue implementando um programa de substituição de importações em larga escala desde 2014, quando o país foi alvo de sanções ocidentais. Em janeiro, o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, disse que o desenvolvimento de alternativas russas ao software estrangeiro não significa que o país está tentando se isolar.

Em maio, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, aprovou a nova doutrina nacional de segurança energética russa, que prioriza a independência tecnológica do setor energético russo e aumenta sua competitividade através da substituição de importações em áreas críticas, incluindo tecnologias da informação, telecomunicações e software.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала