Novos dados indicam que Via Láctea é 890 bilhões de vezes maior que Sol

© Depositphotos / AlexmitO esporão de Cepheus, na Via Láctea, tem estrelas enormes com três vezes o tamanho do Sol e a cor azul é explicada por seu calor escaldante
O esporão de Cepheus, na Via Láctea, tem estrelas enormes com três vezes o tamanho do Sol e a cor azul é explicada por seu calor escaldante - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pesquisadores reuniram novas e mais precisas medidas para descobrir que nossa galáxia, a Via Láctea, possui uma massa 890 bilhões de vezes maior que a do nosso Sol.

Inúmeras vezes, pesquisadores tentaram calcular a massa da Via Láctea, levando em consideração fatores que geralmente os deixavam próximos da proporção exata da galáxia, segundo estudo publicado pela revista ArXiv.

Geralmente, pesquisadores medem as galáxias através do movimento das estrelas em seu interior, o que fornece uma ideia de como a gravidade está afetando as estrelas, indicando, assim, a massa da gigante.

© Foto / Dr Natasha Hurley-Walker (ICRAR/Curtin) e a equipe GLEAM Ondas de rádio de baixa frequência no centro da Via Láctea
Novos dados indicam que Via Láctea é 890 bilhões de vezes maior que Sol - Sputnik Brasil
Ondas de rádio de baixa frequência no centro da Via Láctea

Entretanto, esse método seria difícil de ser utilizado em nossa galáxia, já que nossas estrelas são escurecidas devido aos gases circundantes e outros materiais, além do movimento constante do Sistema Solar em torno da Via Láctea, conforme a Live Science.

Com isso, os pesquisadores teriam desenvolvido modelos sofisticados que podem indicar o movimento dos gases e estrelas, tornando capaz a criação de um gráfico da velocidade orbital das estrelas.

Através desse método, os pesquisadores foram capazes de calcular a massa da matéria escura, teorizada para permear o Universo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала