Superioridade blindada: por que Rússia tem mais tanques do que OTAN?

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensTanque russo de terceira geração T-14 Armata
Tanque russo de terceira geração T-14 Armata - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O especialista militar russo Igor Korotchenko, que dirige o Centro de Análise do Comércio Mundial de Armas, explicou à Sputnik por que a Rússia tem mais tanques do que a OTAN.

Anteriormente, o portal norte-americano We Are The Mighty, citando o site Global Firepower, relatou que a Rússia possui 22.000 tanques, enquanto os países europeus membros da OTAN possuem um pouco mais de 11 mil veículos de combate. Junto com os EUA e o Canadá, este número sobe para 18 mil.

De acordo com Korotchenko, a superioridade da Rússia na quantidade de tanques se deve à necessidade de proteger suas longas fronteiras, não só a fronteira ocidental, mas também as fronteiras do leste e do sul.

"Não é novidade nenhuma. As Forças Armadas russas são equipadas com veículos blindados para proteção necessária de todo o território da Federação da Rússia", afirmou Korotchenko.

Para Igor Korotchenko, as alegações sobre quantidade excessiva de tanques da Rússia "visam atribuir planos agressivos à Rússia", embora esse não seja o caso.

Ao mesmo tempo, o especialista observou que a superioridade da Rússia na quantidade de tanques não foi alcançada recentemente. A União Soviética já era dona de mais tanques do que todos os países-membros da OTAN juntos.

'Desgaste' da OTAN

Anteriormente, o então comandante do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, general Joseph Dunford, advertiu que a superioridade militar da OTAN vem se desgastando nos últimos anos frente ao avanço da Rússia.

O general norte-americano advertiu líderes dos países-membros da OTAN da necessidade de renovação da estratégia para contenção do "ressurgimento" do Kremlin.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала