Guerra Irã-Iraque: retrospectiva do conflito em imagens

Nos siga noTelegram
A Guerra Irã-Iraque durou de 1980 a 1988, vindo a terminar há exatos 31 anos, no dia 20 de agosto de 1988. Trata-se de quase oito anos de conflito militar travado por questões políticas e territoriais.

A Sputnik apresenta o que uma guerra foi capaz de causar para nações iraniana e iraquiana, que sofreram perdas tanto humanas como materiais inestimáveis.

Confira fotos de diferentes momentos do conflito que durou cerca de oito anos e que não deve ser esquecido. Trata-se de uma das maiores guerras da segunda metade do século XX.

CC BY-SA 3.0 / / Chemical weapon1Soldado iraniano com máscara de gás durante a Guerra Irã-Iraque.
Soldado iraniano com máscara de gás durante a Guerra Irã-Iraque - Sputnik Brasil
1/12
Soldado iraniano com máscara de gás durante a Guerra Irã-Iraque.
© Foto / Public domainCaças da Força Aérea iraniana Grumman F-14A Tomcat armados com mísseis.
Caças da Força Aérea iraniana Grumman F-14A Tomcat armados com mísseis - Sputnik Brasil
2/12
Caças da Força Aérea iraniana Grumman F-14A Tomcat armados com mísseis.
© AFP 2022 / IRNAFotógrafo e operador de câmera registram um curdo segurando um bebê, ambos mortos, em uma rua de Halabja, no nordeste do Iraque, em 20 de março de 1988.
Fotógrafo e operador de câmera registram um curdo segurando um bebê, ambos mortos, em uma rua de Halabja, no nordeste do Iraque, em 20 de março de 1988 - Sputnik Brasil
3/12
Fotógrafo e operador de câmera registram um curdo segurando um bebê, ambos mortos, em uma rua de Halabja, no nordeste do Iraque, em 20 de março de 1988.
© AFP 2022 / Eric FeferbergSentados em um veículo blindado de transporte pessoal, soldados da Guarda Revolucionária Iraniana comemoram vitória do Irã contra as tropas iraquianas, em 24 de janeiro de 1987.
Sentados em um veículo blindado de transporte pessoal, soldados da Guarda Revolucionária Iraniana comemoram vitória do Irã contra as tropas iraquianas, em 24 de janeiro de 1987 - Sputnik Brasil
4/12
Sentados em um veículo blindado de transporte pessoal, soldados da Guarda Revolucionária Iraniana comemoram vitória do Irã contra as tropas iraquianas, em 24 de janeiro de 1987.
© AFP 2022Helicóptero iraniano jogando fumaça por ter sido atingido pela defesa antiaérea iraquiana perto de Abadan, em 17 de novembro de 1980.
Helicóptero iraniano jogando fumaça por ter sido atingido pela defesa antiaérea iraquiana perto de Abadan, em 17 de novembro de 1980 - Sputnik Brasil
5/12
Helicóptero iraniano jogando fumaça por ter sido atingido pela defesa antiaérea iraquiana perto de Abadan, em 17 de novembro de 1980.
© Foto / Public domainSoldado iraniano segurando soro fisiológico durante a Guerra Irã-Iraque.
Soldado iraniano segurando soro fisiológico durante a Guerra Irã-Iraque - Sputnik Brasil
6/12
Soldado iraniano segurando soro fisiológico durante a Guerra Irã-Iraque.
© AP PhotoUm jovem pastor observa caminhões transportando tanques perto da cidade de Ahvaz, no sul do Irã, devastada pela guerra, em 17 de abril de 1981.
Um jovem pastor observa caminhões transportando tanques perto da cidade de Ahvaz, no sul do Irã, devastada pela guerra, em 17 de abril de 1981. - Sputnik Brasil
7/12
Um jovem pastor observa caminhões transportando tanques perto da cidade de Ahvaz, no sul do Irã, devastada pela guerra, em 17 de abril de 1981.
© AFP 2022 / Eric FeferbergMenino iraniano nas ruínas da sua antiga casa destruída em 23 de janeiro em um ataque aéreo iraquiano em Ahvaz, em 25 de janeiro de 1987.
Menino iraniano nas ruínas da sua antiga casa destruída em 23 de janeiro em um ataque aéreo iraquiano em Ahvaz, em 25 de janeiro de 1987 - Sputnik Brasil
8/12
Menino iraniano nas ruínas da sua antiga casa destruída em 23 de janeiro em um ataque aéreo iraquiano em Ahvaz, em 25 de janeiro de 1987.
© AP Photo / Don MellSoldado iraquiano deixou trincheira para rezar em direção à Meca durante o Ramadã, em junho de 1984.
Soldado iraquiano deixou trincheira para rezar em direção à Meca durante o Ramadã, em junho de 1984 - Sputnik Brasil
9/12
Soldado iraquiano deixou trincheira para rezar em direção à Meca durante o Ramadã, em junho de 1984.
© AP Photo / Aristotle SariscostasTropas iranianas em território recém-conquistado no porto petrolífero de Faw, no Iraque, em fevereiro de 1986.
Tropas iranianas em território recém-conquistado no porto petrolífero de Faw, no Iraque, em fevereiro de 1986 - Sputnik Brasil
10/12
Tropas iranianas em território recém-conquistado no porto petrolífero de Faw, no Iraque, em fevereiro de 1986.
© AP Photo / Don MellSoldado iraquiano solitário patrulha a aldeia arruinada de Mandali, perto da fronteira com o Irã, em junho de 1984
Soldado iraquiano solitário patrulha a aldeia arruinada de Mandali, perto da fronteira com o Irã, em junho de 1984 - Sputnik Brasil
11/12
Soldado iraquiano solitário patrulha a aldeia arruinada de Mandali, perto da fronteira com o Irã, em junho de 1984
CC BY-SA 3.0 / / MersadOs Mujahideen do Povo do Irã, apoiados por Saddam, no início de uma operação de dez dias após os governos iraniano e iraquiano terem aceitado a Resolução 598 da ONU. As estimativas das vítimas variam entre 2.000 e 10.000.
Os Mujahideen do Povo do Irã, apoiados por Saddam, no início de uma operação de dez dias após os governos iraniano e iraquiano terem aceitado a Resolução 598 da ONU. As estimativas das vítimas variam entre 2.000 e 10.000 - Sputnik Brasil
12/12
Os Mujahideen do Povo do Irã, apoiados por Saddam, no início de uma operação de dez dias após os governos iraniano e iraquiano terem aceitado a Resolução 598 da ONU. As estimativas das vítimas variam entre 2.000 e 10.000.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала