China pede que o Conselho de Segurança da ONU discuta Caxemira

© REUTERS / Mike SegarSessão do Conselho de Segurança da ONU
Sessão do Conselho de Segurança da ONU  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China apoiou nesta quarta-feira (14) o pedido do Paquistão para que o Conselho de Segurança da ONU discuta a decisão da Índia de revogar o status especial de Jammu e da Caxemira, pedindo que o órgão se reúna a portas fechadas na quinta ou sexta-feira, disseram diplomatas.

No entanto, a França respondeu ao pedido propondo que o Conselho discutisse a questão de uma maneira menos formal na próxima semana. Caberá à Polônia, presidente do Conselho em agosto, mediar um horário e formato acordados entre os 15 membros.

A região do Himalaia tem criado tensão entre os paquistaneses e a Índia, dois países que contam com armas nucleares. 

Em 5 de agosto, a Índia bloqueou o direito dos estados de Jammu e Caxemira de criarem suas próprias leis e permitiu que não-residentes comprem propriedades na região. Linhas telefônicas, internet e redes de televisão foram bloqueadas e há restrições de movimento.

"O Paquistão não provocará um conflito. Mas a Índia não deve confundir nossa restrição com fraqueza", disse o ministro das Relações Exteriores do Paquistão, Shah Mahmood Qureshi, em uma carta ao Conselho de Segurança. "Se a Índia decidir recorrer novamente ao uso da força, o Paquistão será obrigado a responder, em autodefesa, com todas as suas capacidades."

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu à Índia e ao Paquistão que se abstenham de qualquer medida que possa afetar o status especial de Jammu e da Caxemira. Guterres também disse estar preocupado com relatos de restrições no lado indiano da Caxemira.

O Conselho de Segurança da ONU adotou várias resoluções em 1948 e na década de 1950 sobre a disputa entre a Índia e o Paquistão pela região, incluindo uma que diz que um plebiscito deveria ser realizado para determinar o futuro da maioria muçulmana da Caxemira.

Soldados da ONU observam desde 1949 o cessar-fogo entre a Índia e Paquistão em Jammu e na Caxemira.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала