Coreia do Sul pode resistir aos mísseis de Pyongyang com sistemas norte-americanos Patriot

© AP Photo / Itsuo InouyeLançadores de mísseis Patriot PAC-3 na base aérea norte-americana Kadena, Japão
Lançadores de mísseis Patriot PAC-3 na base aérea norte-americana Kadena, Japão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas da Coreia do Sul podem resistir aos mísseis balísticos de curto alcance que a Coreia do Norte está testando atualmente, informa representante da administração presidencial da Coreia do Sul, citado pelo canal de televisão KBS.

"Com ajuda dos sistemas Patriot, as nossas Forças Armadas podem resistir plenamente aos mísseis balísticos de curto alcance da Coreia do Norte", cita o KBS um representante não nomeado do escritório do chefe de Estado da Coreia do Sul.

Segundo ele, "os armamentos que estão sendo testadas pela Coreia do Norte", Seul também os tem.

"Nós ultrapassamos a Coreia do Norte em vários níveis. As declarações que nós estamos atrasados em preparação militar não correspondem à realidade", assegurou ele.

Tensões entre Coreia do Sul–EUA e Coreia do Norte

Antes, a Coreia do Norte realizou uma série lançamentos de teste de mísseis de curto alcance, que na Coreia do Sul foram avaliados como mísseis balísticos, cujo desenvolvimento foi proibido para Pyongyang pelo Conselho da Segurança da ONU.

A Coreia do Norte realizou tais testes de mísseis em resposta aos exercícios militares conjuntos dos EUA e Coreia do Sul para modelagem de ações militares na Península da Coreia.

Segundo o representante da administração presidencial da Coreia do Sul, espera-se que depois do fim dos exercícios militares, planejados para durar até 20 de agosto, a Coreia do Norte vai suspender os lançamentos e recomeçar a preparação para as negociações com os EUA sobre o desarmamento nuclear na Península da Coreia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала