De olho na China, EUA pretendem instalar mísseis de alcance intermediário na Ásia

© AP Photo / Lynne SladkyA escultura "Jogo Perigoso" do artista italiano Lorenzo Quinn, à direita, à mostra em Wynwood, em Miami, nos EUA. A escultura mostra uma mão segurando um míssil como um dardo. Foto de 8 de dezembro de 2017.
A escultura Jogo Perigoso do artista italiano Lorenzo Quinn, à direita, à mostra em Wynwood, em Miami, nos EUA. A escultura mostra uma mão segurando um míssil como um dardo. Foto de 8 de dezembro de 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Neste sábado (3), o secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, apoiou a ideia de instalar mísseis de alcance intermediário na Ásia.

Os mísseis seriam colocados na região do indo-pacífico. A declaração vem logo após a Washington saiu formalmente do Tratado de Forças Nucleares Intermediárias (INF), que estabelecia mecanismos de controle sobre mísseis alcance intermediário, inclusive nucleares.

"Sim, eu gostaria", disse Esper a repórteres na Austrálias quando perguntado se considerada instalar mísseis na Ásia.

Segundo publicou a RT. o chefe do Pentágono disse ainda que os EUA gostariam que isso acontecesse em breve, porém não deu detalhes sobre prazos.

"Eu preferiria meses [...] mas essas coisas tendem a demorar mais do que se espera", afirmou.

O INF foi assinado em 1987 entre os EUA e a União Soviética, ainda durante a Guerra Fria. O tratado baniu mísseis em terra com alcance entre 500km e 5.500 km, assim como seus lançadores.

Rússia e EUA tem se acusado mutuamente de violar o tratado nos últimos anos. Washington suspendeu suas obrigações sobre o acordo em fevereiro deste ano. Moscou respondeu da mesma forma meses depois.

Esper também afirmou que os EUA não como principal preocupação o desenvolvimento de novos armamentos do tipo. No entanto, Esper recentemente afirmou que os EUA precisam construir bases e aumentar a postura de resistência na região para conter a China.

Já Pequim, que condena a postura militar dos EUA na região, condenou a saída dos EUA do INF.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала