Análise: Turquia poderia fechar radar de alerta precoce de mísseis da OTAN

© AFP 2022 / SR. AIRMAN MICHAEL BATTLESCaças norte-americanos F-16 na Base Aérea de Incirlik
Caças norte-americanos F-16 na Base Aérea de Incirlik - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Turquia poderia fechar a estação de radar localizada em seu território que faz parte do sistema de defesa antimísseis da OTAN na Europa, declarou o analista militar.

O analista Timur Akhmetov, membro do Conselho Russo de Assuntos Internacionais, disse em entrevista à Sputnik que a Turquia, como medida resposta à possível exclusão do programa da produção dos caças americanos de quinta geração F-35, poderia fechar o radar de alerta precoce de ataques de mísseis localizado em seu território.

Caça F-35 Lightning II da Lockheed Martin - Sputnik Brasil
Pentágono: compra de sistemas russos pela Turquia será devastadora para programa F-35
"Uma das opções para medidas de resposta da Turquia poderia ser o fechamento do radar do sistema de defesa antimíssil na Europa em Kurecik, uma demanda jurídica por indenização, porque o dinheiro já foi pago, a não participação dos exercícios da OTAN e dos EUA e a suspenção da troca de dados de inteligência sobre terrorismo", revela Timur Akhmetov.

De acordo com ele, a base aérea de Incirlik na província de Adana, no sul da Turquia, onde estão estacionadas unidades da Força Aérea dos EUA, "não é um grande trunfo" para Ancara.

"A Alemanha já retirou suas tropas para a Jordânia. Hoje em dia, os EUA estão considerando as possibilidades de estacionamento na Grécia, Qatar ou Europa Oriental. Para a Turquia, o fechamento da base aérea de Incirlik seria provavelmente uma desvantagem no que diz respeito à influência dela na OTAN e à importância estratégica dela para os EUA", acrescentou o analista militar.

Anteriormente, Ancara sublinhou que não vai desistir dos sistemas S-400 e que o primeiro fornecimento deles deverá ser efetuado em julho. Os EUA declaram que os S-400 não são comparáveis com os padrões da OTAN e ameaçam com a suspenção ou cancelamento do processo de venda à Turquia dos novos caças F-35.

O sistema de radar AN/TPY-2, instalado na região de Kurecik na província de Malatya, no sudeste da Turquia, foi colocado em serviço no início de 2012. Ele é operado por efetivos militares dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала