EUA aplicam novas sanções a 2 indivíduos e uma empresa no Iraque por alegadas ligações ao Irã

© AFP 2022 / Paul J. RichardsEdifício do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington, 24 de janeiro de 2017
Edifício do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington, 24 de janeiro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Estados Unidos impuseram novas sanções contra o Irã, tendo como alvo dois indivíduos e uma entidade devido às suas alegadas ligações ao Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês), anunciou hoje (12) o Departamento do Tesouro em um comunicado.

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos informou que dois cidadãos iraquianos, assim como a empresa South Wealth Resorces Company, sediada em Bagdá, estão ligados a filiais no estrangeiro da Guarda Revolucionária do Irã ou à Força Quds [uma unidade especial da Guarda Revolucionária].

Presidente dos EUA Donald Trump - Sputnik Brasil
Trump afirma que Irã agora 'respeita os EUA' exatamente por causa da política dele
Anteriormente foi informado que os Estados Unidos enviaram o porta-aviões USS Abraham Lincoln e uma força-tarefa de bombardeiros para perto do Irã. Segundo declarou o assessor de Segurança Nacional norte-americano, John Bolton, o objetivo dessa medida é enviar uma "mensagem clara e inequívoca" a Teerã.

No dia 15 de maio, Irã apresentou um ultimato de 60 dias à União Europeia, esperando medidas efetivas para proteger Teerã das sanções impostas pelos Estados Unidos.

Washington abandonou o acordo nuclear, ou Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), assinado em 14 de julho de 2015 de forma unilateral no ano passado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала