Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Para que Vladimir Putin quer que Rússia incorpore exatamente 76 caças Su-57?

© Sputnik / Yevgeny Biyatov / Abrir o banco de imagensCaças russos Su-57 durante o Salão Internacional de Aviação MAKS 2017, em Moscou
Caças russos Su-57 durante o Salão Internacional de Aviação MAKS 2017, em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga no
Vladimir Putin anunciou que espera que a Rússia tenha 76 caças de 5ª geração Su-57 até 2028. Mas porquê precisamente esse número? O especialista militar, Viktor Murakhovsky, explica a razão destes planos à Sputnik Mundo.

O presidente russo Vladimir Putin espera que proximamente seja aprovado um contrato para a entrega de 76 novos caças Su-57 para as Forças Armadas da Rússia. "Espero que os planos corrigidos sejam cumpridos e que, proximamente, seja concluído um contrato para a entrega de 76 caças equipados com armamentos modernos", disse Putin em 15 de maio durante uma reunião dedicada a temas militares.

Caça multifuncional russo Su-57 durante o fórum EXÉRCITO 2018, no aeródromo de Kubinka - Sputnik Brasil
Caça russo Su-57 contará com 'bomba inteligente' de alta precisão
Segundo Viktor Murakhovsky, editor-chefe da revista russa Arsenal Otechestva (Arsenal da Pátria), 76 caças é, na Força Aeroespacial da Rússia, o número aproximado de aviões que compõem três regimentos, razão pela qual pode supor-se que haverá uma divisão totalmente formada por estas aeronaves. Além disso, o especialista sublinha que este número é adequado tanto em relação às capacidades do orçamento militar da Rússia como às possibilidades da indústria aeronáutica russa.

"Este número também foi escolhido para não 'sobrecarregar' o orçamento militar da Rússia, porque o custo de um caça de 5ª geração é consideravelmente mais elevado em comparação com os caças de gerações anteriores", diz Murakhovsky à Sputnik Mundo.

Hoje se pode dizer que a construção deste avião esteja completamente terminada, uma vez que é usado um modelo modernizado do motor soviético AL-41. A versão final do Su-57 deverá ser equipada com um novo motor avançado, conhecido como Izdelie 30 (Artigo 30), que dará um grande impulso ao já impressionante desempenho da aeronave.

Caça MiG-31 com mísseis hipersônicos Kinzhal - Sputnik Brasil
Militares apresentam ao presidente russo Putin caça com míssil hipersônico (VÍDEO)
Segundo Murakhovsky, os aviões de combate fabricados e entregues à Força Aeroespacial da Rússia até 2023 serão da primeira fase, ou seja, equipados com o motor AL-41, e os posteriores serão os definitivos.

"Os fabricantes dizem que o novo motor estará pronto em 2023. Portanto, a partir desta data, o Su-57 vai ter um novo motor e vai se tornar uma plataforma de 5ª geração na plena acepção da palavra", disse ele. Entretanto, é muito provável que os primeiros Su-57 sejam reequipados com os novos motores após a entrega do primeiro lote de 76 aviões até 2028, concluiu o especialista.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала