- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo Bolsonaro quer substituir 'Minha Casa, Minha Vida'

© Foto / Agência Brasil/Beth SantosUnidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida no bairro de Santa Cruz, na zona oeste do Rio (Beth Santos/Secretaria Geral).
Unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida no bairro de Santa Cruz, na zona oeste do Rio (Beth Santos/Secretaria Geral). - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Próximo de completar 10 anos, o Minha Casa, Minha Vida será substituído por um novo programa no governo Bolsonaro com foco em financiamento para empreendedores imobiliários.

A ideia que está sendo estudada pelo governo, que pretende financiar "megaempreendimentos, de R$ 200 milhões a R$ 300 milhões de reais", conforme disse ao jornal Valor Econômico, o secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord.

Manifestantes da União Nacional por Moradia Popular participam de protesto em defesa do Minha Casa, Minha Vida Entidades, em Salvador, Bahia. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Na corda bamba, ‘Minha Casa, Minha Vida' precisa de controle social, dizem movimentos
O novo programa que está em desenvolvimento pelos ministérios da Economia e do Desenvolvimento Regional junto com a Caixa Econômica Federal pretende vincular doações de terrenos da União e financiar os empreendimentos.

Esse terrenos seriam em regiões centrais das cidades. O objetivo é atacar um dos problemas mais apontados do Minha Casa Minha Vida, que seria a construção de casas afastadas dos centros urbanos, em regiões com carência de serviços e infraestrutura.

O novo programa também pretende que os empreendimentos tenham famílias de diferentes faixas de renda. Os empreendimentos também seriam financiados via licitações.

Um dos objetivos do projeto, segundo o secretário, seria combater a inadimplência na faixa 1 do Minha Casa, Minha Vida. Além disso, a doação de terras deve impulsionar, para esse fim, a desapropriação de terrenos ocupados.

O novo programa deve ser apresentado no início de julho e substituir o Minha Casa, Minha Vida de forma gradual.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала