Venezuela condena ação de policiais dos EUA em sua embaixada em Washington

© REUTERS / Carlos BarriaEmbaixada da Venezuelana em Washington
Embaixada da Venezuelana em Washington - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O escritório da vice-presidência venezuelana rechaçou a entrada das autoridades norte-americanas à embaixada da Venezuela em Washington nesta segunda-feira (13).

A polícia dos EUA chegou a entrar nesta segunda-feira (13) na embaixada venezuelana no país, que está sendo ocupada por ativistas norte-americanos. Após negociações, quatro ativistas permaneceram no prédio e a polícia se retirou do local, deixando fechada a entrada da embaixada com uma corda de plástico amarrada na porta principal. 

Um ativista em oposição ao envolvimento dos EUA na Venezuela que ocupa a embaixada venezuelana, senta-se em um peitoril da janela em Washington, EUA. - Sputnik Brasil
Polícia dos EUA tenta desocupar embaixada da Venezuela ocupada por ativistas (VÍDEO)
De acordo com o escritório da vice-presidência, a ação das autoridades norte-americanos foi uma violação do direito internacional.

"As autoridades dos EUA violaram o direito internacional ao entrar na embaixada da Venezuela no EUA sem a autorização do governo bolivariano do presidente Nicolás Maduro", comunicou o escritório da vice-presidência venezuelana no Twitter. 

Diplomatas venezuelanos deixaram a embaixada no final de abril a pedido das autoridades norte-americanas.

Ativistas dizem que estão protegendo o prédio da apreensão ilegal por parte das autoridades dos EUA e dos partidários da oposição.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, havia agradecido aos ativistas americanos anteriormente, expressando "profunda admiração" pela defesa da embaixada.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала