Moeda descoberta sugere que portugueses chegaram à Austrália antes dos britânicos (FOTO)

© AP Photo / John RedmanRéplica do navio Endeavour, do capitão James Cook, prepara-se para deixar Plymouth, Inglaterra, 14 de janeiro de 1998 (imagem de arquivo)
Réplica do navio Endeavour, do capitão James Cook, prepara-se para deixar Plymouth, Inglaterra, 14 de janeiro de 1998 (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Através de estudos de uma moeda de cobre encontrada em uma praia da Austrália, cientistas concluíram que marinheiros portugueses podem ter chegado à Oceania 250 anos antes do capitão James Cook.

A teoria está sendo examinada por cientistas australianos à medida que tentam traçar as origens da moeda africana Kilwa (originária de onde hoje está a Tanzânia), que foi encontrada no litoral da Austrália no ano passado, informa The Guardian.

Mas a forma como a moeda, que remota há quase mil anos, foi parar nas ilhas Wessel, no litoral norte da Austrália, ainda não está clara. Uma explicação possível é que os portugueses, que tinham invadido Kilwa em 1505, deixaram a moeda para trás em suas viagens pelo sudeste asiático.

Mar de Barents - Sputnik Brasil
Navio de guerra soviético é descoberto no fundo do mar de Barents (FOTO)
Os marinheiros portugueses, que estavam em Timor-Leste por volta de 1515, poderiam potencialmente ter chegado ao continente australiano, sugerindo que eles provavelmente foram os primeiros europeus a pisar na Austrália.

A cronologia também sugere que os portugueses estavam lá cerca de 250 anos antes de o capitão britânico James Cook fazer uma reivindicação britânica ao continente.

"Os portugueses estiveram em Timor entre 1514 e 1515 - pensar que eles não foram mais três dias para o leste com o vento das monções é absurdo […] Nós pesamos e medimos [a moeda], e é praticamente igualzinha a uma moeda de Kilwa. E se for, bem, isso poderia mudar tudo", disse o arqueólogo Mike Hermes.

​A moeda que pode rasgar a história da Austrália

Hermes afirma que as ilhas Wessel foi o único lugar onde a moeda foi encontrada fora de Kilwa e da península Arábica.

As especulações indicam que Portugal tenha sido a primeira potência europeia a chegar à Austrália, sugerindo que os comerciantes de Kilwa poderiam ter trazido as moedas da própria África, ou ter naufragado enquanto tentavam fazer isso.

Para desvendar o enigma, pesquisadores australianos estão examinando essa nova moeda e indicaram que uma rota marítima de Kilwa na África Oriental para Omã e depois para a Índia, Malásia e Indonésia foi bem estabelecida em 1500.

Crânio (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Arqueólogos britânicos revelam 'uma das mais significativas descobertas anglo-saxônicas'
Em 1504, o navegador francês Binot Paulmier de Gonneville afirmou ter aterrissado no "leste do Cabo da Boa Esperança", depois de ter saído de rota. No entanto, o lugar que ele chegou, que alguns acreditavam ser a Austrália, já provou ser o Brasil.

Os contatos iniciais europeus com a Austrália há muito que estão envoltos em mistério, sendo que o primeiro desembarque conhecido foi feito em 1606 pelo navegador holandês Willem Janszoon.

Já o capitão James Cook chegou à baía de Botânica de Sydney em 1770 e fez uma reivindicação britânica ao continente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала