O que impediu Leonardo da Vinci de terminar Mona Lisa? Médicos explicam

© Sputnik / Galina Kiseleva / Abrir o banco de imagensReprodução do autorretrato de Leonardo da Vinci (imagem de arquivo)
Reprodução do autorretrato de Leonardo da Vinci (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Médicos italianos diagnosticaram que Leonardo da Vinci sofria de "mão em garra" - uma paralisia da mão causada por danos no nervo ulnar, e que isso pode explicar o motivo do inventor e pintor ter deixado inúmeras obras incompletas, inclusive a Mona Lisa.

A hipótese foi apresentada pelo neurologista Carlo Rossi e o cirurgião plástico Davide Lazzeri e se baseia nos desenhos em que Leonardo Da Vinci é retratado com o chamado pincel em forma de garra, relata Ars Technica.

Alguns historiadores consideram que a mão estava inativa devido a um derrame que ocorreu no contexto de uma dieta vegetariana com um grande número de produtos lácteos. No entanto, Leonardo não tinha outras limitações que os derrames costumam provocar.

Pessoas observam a obra de Leonardo Da Vinci, Mona Lisa - Sputnik Brasil
Nova descoberta marca 500° aniversário da morte de Leonardo da Vinci (FOTOS)
"Isso pode explicar por que ele deixou inúmeras pinturas incompletas, incluindo a Mona Lisa, durante os últimos cinco anos de sua carreira como pintor, enquanto continuou ensinando e desenhando", afirma o autor do estudo Lazzeri.

Além disso, acreditava-se que o artista sofria da contratura de Dupuytren, uma doença na qual a pessoa não consegue abrir a mão completamente.

No entanto, em um novo estudo, os cientistas apontaram que o retrato de Leonardo da Vinci nos últimos anos de sua vida, atribuído ao artista lombardo Giovanni Ambrogio Figino, mostra o braço direito do artista coberto de roupas e em posição contraída, o que indica lesão.

Anteriormente, especialistas do Instituto Florentino de Restauração na Galeria Uffizi encontraram evidências que sugerem que Da Vinci usava igualmente ambas as mãos, ou seja, que era ambidestro.

© Foto / Domínio PúblicoRetrato de Mona Lisa pintado pelo renascentista italiano Leonardo da Vinci
Retrato de Mona Lisa pintado pelo renascentista italiano Leonardo da Vinci - Sputnik Brasil
Retrato de Mona Lisa pintado pelo renascentista italiano Leonardo da Vinci
Leonardo da Vinci é lembrado por ser um dos maiores gênios da história da humanidade, sendo uma das figuras mais importantes da época do Renascimento — movimento de ordem artística, cultural e científica que ocorreu na Europa na passagem da Idade Média para a Idade Moderna (séculos XIV, XV e XVI). A Última Ceia e Mona Lisa são algumas de suas pinturas mais famosas e reproduzidas de todos os tempos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала