Procuradores dos EUA pedem remoção de advogado da Huawei em caso sobre sanções

Nos siga noTelegram
Promotores norte-americanos apresentaram nesta quinta-feira uma moção para remover o principal advogado de defesa da Huawei Technologies Co Ltd do caso contra a empresa chinesa, acusada de supostas fraudes bancárias e violações de sanções, de acordo com uma ação no Tribunal Distrital dos EUA do Brooklyn, Nova York.

Procuradores norte-americanos buscam desqualificar James Cole, ex-vice-procurador-geral dos Estados Unidos, informou a Reuters. O governo dos EUA não tornou público o argumento por trás da moção para remover Cole do caso.

Equipe de segurança próximo a logo da Huawei durante lançamento do MateBook em Pequim. - Sputnik Brasil
CIA acusa Huawei de ser financiada por autoridades governamentais chinesas
Em uma carta ao tribunal, obtida pela Reuters, os promotores disseram que entraram com uma ação sigilosa e confidencial para desqualificar Cole e devem apresentar uma versão pública até 10 de maio.

Os Estados Unidos acusaram a Huawei Technologies, da China, sua diretora financeira e duas afiliadas com fraudes bancárias e eletrônicas que permitiram ao Irã contornar as sanções impostas aos persas. 

Em uma das 13 acusações registradas em Nova York, o Departamento de Justiça informou que a Huawei enganou um banco global e autoridades norte-americanas sobre seu relacionamento com as subsidiárias Skycom Tech e Huawei Device USA Inc. para realizar negócios no Irã.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала