NASA encontra 1° mundo do tamanho do nosso e 'potencialmente habitável'

© NASASonda TESS da NASA na frente de um planeta de lava que orbita sua estrela (imagem ilustrativa)
Sonda TESS da NASA na frente de um planeta de lava que orbita sua estrela (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Caçador de planetas da NASA encontrou um mundo do tamanho da Terra em um sistema estelar a 53 anos-luz do nosso Sistema Solar.

O fato ocorreu poucos dias depois de o estudo, publicado pela The Astrophysical Journal Letters, apontar a possibilidade de haver vida em quatro exoplanetas próximos.

Esse é o primeiro planeta do tamanho da Terra encontrado pelo satélite TESS — que busca exoplanetas — da NASA. O planeta foi encontrado orbitando uma estrela, juntamente com um planeta muito maior e quente, menor do que Netuno.

"É um marco para o TESS", afirmou Diana Dragomir, exoplanetóloga do Instituto Kavli MIT e líder do estudo intitulado "TESS entrega o seu primeiro planeta do tamanho da Terra e um sub-Netuno quente", enfatizando que a descoberta esboça um caminho para encontrar planetas menores em torno de estrelas menores, e que esses planetas "podem ser habitáveis".

Asteroide Bennu - Sputnik Brasil
NASA mostra em detalhe superfície do 'asteroide do Apocalipse' (FOTOS)
Com uma órbita que dura aproximadamente 36 dias para se completar, o sub-Netuno, HD 21749b, possui a órbita mais duradoura de todas as descobertas pelo TESS. Prevê-se que a maioria dos planetas, que vão ser encontrados durante a missão, venha a ter períodos orbitáveis de aproximadamente 10 dias, conforme publicação da Forbes

A estrela anfitriã do planeta possui aproximadamente 80% da massa do nosso Sol e está localizada há aproximadamente 53 anos-luz da Terra. Além disso, o HD 21749b tem aproximadamente 23 vezes a massa da Terra e um raio 2,7 vezes o da Terra.

A densidade do planeta indica que ele possui uma atmosfera substancial, entretanto, não é rochosa, o que pode facilitar o entendimento da composição e evolução das atmosferas mais frias do planeta sub-Netuno.

Ilustração artística do quasar J043947.08+163415.7 no Universo primordial - Sputnik Brasil
NASA teria encontrado 'portal para o céu' no centro do Universo (FOTO)
Contudo, o planeta não está sozinho, ele está acompanhado pelo HD 21749c, que leva aproximadamente oito dias para orbitar a estrela anfitriã. Além disso, ele é menor, tendo um tamanho similar ao da Terra.

Graças ao TESS, os pesquisadores poderão medir as massas, composições atmosféricas e outras propriedades de diversos outros exoplanetas menores, oferecendo uma grande oportunidade de aprender mais sobre diversidade e semelhanças com os planetas do nosso Sistema Solar.

"Medir a massa e a composição exata de um planeta tão pequeno será difícil, porém, o importante é comparar o HD 21749c com a Terra", afirmou Jeff Crane and Sharon Wang, astrônomo do Instituto Carnegie.

Dragomir afirma que a equipe espera encontrar diversos planetas do mesmo tamanho da Terra e que esta descoberta é um marco para o TESS, já que estabelece o "caminho para encontrar planetas menores ao redor de estrelas, e esses planetas podem potencialmente ser habitáveis".

Estima-se que o satélite TESS encontre mais de 20.000 exoplanetas, e a equipe de pesquisadores espera que muitos desses exoplanetas sejam do tamanho da Terra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала