Rússia ajuda Venezuela a investigar ataques contra instalações energéticas

© AP Photo / Natacha PisarenkoConsequências de apagão na Venezuela (foto de arquivo)
Consequências de apagão na Venezuela (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia proporciona toda a ajuda necessária à Venezuela e os dois países estão investigando em conjunto os ataques contra o setor energético venezuelano, disse o vice-ministro russo das Relações Exteriores, Oleg Siromolotov.

"Estamos proporcionando aos nossos amigos venezuelanos toda a ajuda necessária […]. Segundo os dados do governo legítimo do país, liderado por Nicolás Maduro, e de acordo com outras fontes fidedignas, o setor eletro-energético da Venezuela foi atacado no dia 7 de março deste ano a partir do estrangeiro", informou diplomata à Sputnik.

De acordo com o vice-ministro, tratou-se de uma interferência comandada à distância nos sistemas de controle das principais estações distribuidoras de energia elétrica, cujos equipamentos foram fabricados num dos países do Ocidente.

Manifestantes em Madri segurando cartaz em apoio ao presidente legitimo da Venezuela, Nicolás Maduro - Sputnik Brasil
Embaixador venezuelano na ONU: 'Guerra de Trump contra Venezuela está em pleno andamento'
Para além disso, o diplomata adicionou que "os autores dos ataques às instalações energéticas conheciam bem suas vulnerabilidades''. 

No dia 7 desse mês a Venezuela sofreu um blecaute de quase uma semana após um acidente na Hidrelétrica de Guri, a principal do país que foi classificado como "sabotagem norte-americana'' pelo governo. O funcionamento de fábricas e instalações públicas foi suspenso em todo o país.

O outro blecaute massivo ocorreu no dia 25 de março e atingiu 16 dos 23 estados da Venezuela. O apagão deixou a capital sem eletricidade. O governo de Maduro atribuiu as falhas do serviço a um ataque organizado a partir dos EUA contra a Hidrelétrica de Guri.

No dia 28 conseguiu-se a recuperação parcial do serviço elétrico, mas Maduro informou que entre 29 e 30 de março se registraram novos ataques informáticos que deixaram outra vez o país sem luz.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала