Google encerra conselho de ética em inteligência artificial após uma semana de atividades

© AP Photo / Keystone, Walter Bier, fileEscritório da Google na Suiça.
Escritório da Google na Suiça. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Google confirmou nesta quinta-feira (4) que desmobilizou um painel consultivo de ética em inteligência artificial, recentemente montado, em meio a controvérsias sobre seus membros.

O fim do Conselho Consultivo Externo de Tecnologia Avançada (ATEAC na sigla em inglês) ocorre poucos dias depois que um grupo de funcionários do Google lançou uma campanha pública contra a presença do presidente da organização conservadora Heritage Foundation entre seus membros.

O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante visita às tropas norte-americanas no Iraque. - Sputnik Brasil
Trump acusa Google de ajudar militares da China
Outro membro do conselho já havia renunciado, e a inclusão de um executivo de uma companhia de drone reacendeu as preocupações sobre potenciais usos militares da inteligência artificial, segundo o site de notícias Vox, que primeiro informou sobre o desmantelamento do conselho.

"Ficou claro que no ambiente atual, o ATEAC não pode funcionar como queríamos", disse o Google à AFP. "Então, estamos terminando o conselho e voltando à prancheta."

O Google acrescentou que buscaria formas alternativas de coletar informações externas sobre o uso responsável da inteligência artificial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала