Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Reforma da Previdência não pode ser menor que R$ 1 trilhão, diz Paulo Guedes

© Foto / Fernando Frazão/Agência BrasilMinistro da Economia do governo Bolsonaro, Paulo Guedes
Ministro da Economia do governo Bolsonaro, Paulo Guedes - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (20) que o governo federal está aberto a fazer ajustes na proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso Nacional, mas que a economia com as mudanças não pode ser inferior a um R$ 1 trilhão.

Segundo ele, um valor inferior a essa meta pode comprometer a viabilidade de um futuro sistema de capitalização, que será proposto mais adiante por meio de Projeto de Lei Complementar.

Ato na Praça da Sé, em São Paulo, contra a reforma da Previdência apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Sem diálogo com governo, Força Sindical quer levar ideias sobre Previdência ao Congresso
"Abaixo de de R$ 1 trilhão, você já começa a comprometer o lançamento para as novas gerações, porque nós vamos lançar um regime de capitalização para as novas gerações. Nós precisamos de uma folga, de um impulso fiscal suficiente, ou seja, acima de R$ 1 trilhão, que nos permita lançar um sistema novo. Se começar a desidratar essa reforma, nós não conseguimos que as futuras gerações escapem dessa armadilha", afirmou a jornalistas após se reunir com o governador de São Paulo, João Doria.

Pelos cálculos de técnicos do governo, a proposta, como foi apresentada, vai gerar uma economia de R$ 1,165 trilhão em 10 anos. As informações foram publicadas pela Agência Brasil.

O ministro voltou a defender que a reforma apresentada, se aprovada, vai reduzir desigualdades, acabar com privilégios, democratizar a poupança e acelerar o crescimento do país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала