Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro assina pacote anticrime de Moro

© Foto / José Cruz/Agência BrasilO presidente Jair Bolsonaro acena para os fotógrafos no Palácio do Planalto
O presidente Jair Bolsonaro acena para os fotógrafos no Palácio do Planalto - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (19) três projetos com mudanças na legislação que integram o pacote anticrime e anticorrupção elaborado pelo ministro da Justiça Sérgio Moro.

O projeto ainda precisa ser aprovado por deputados e senadores, que poderão alterar o texto apresentado por Bolsonaro e Moro. A expectativa é de que a proposta seja entregue pelo governo ainda hoje ao Congresso Nacional.

O juiz federal Sério Moro, durante segunda sessão de debates temáticos destinada a discutir o Projeto de Lei do Senado nº 280, de 2016, que define os crimes de abuso de autoridade - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Moro diz que Previdência e Lei Anticrime podem ser discutidas paralelamente
Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, Sérgio Moro declarou que o projeto de lei é uma sinalização de que o governo "não será condescendente com a criminalidade, especialmente a criminalidade mais grave". 

Ele observou que o pacote é suficiente para combater a corrupção, o crime organizado e o crime violento.

"A compreensão do governo é de que estes três problemas estão relacionados. O crime organizado é um fator de incremento dos crimes violentos. A corrupção esvazia recursos e a eficácia de políticas públicas direcionadas ao crime organizado e ao crime violento”, declarou. 

O pacote de medidas de combate à corrupção e ao crime organizado apresentado por Moro prevê alterações em 14 leis federais nas áreas penal, processual penal e de combate à violência. O projeto inclui temas polêmicos, como a redução de pena de policiais acusados de cometer excessos em uma determinada ação, ou a prisão de condenados pelo tribunal do júri antes mesmo da análise da segunda instância.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала