Brasil tem potencial não aproveitado de energia eólica, diz especialista

© Sputnik / Elena VisensEnergia eólica, um dos tipos de energia renovável
Energia eólica, um dos tipos de energia renovável - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Brasil é líder na produção de energia eólica na América do Sul e o 8° maior produtor global deste tipo de energia, mostra relatório do Conselho Global de Energia Eólica. A Sputnik entrevistou um especialista para entender as características e o potencial deste tipo de energia.

Em dezembro de 2018, 9% de toda a energia consumida no país veio do vento. A cifra colocou a energia eólica como a terceira maior fonte mais representativa de todo o setor, atrás apenas da biomassa (9,1%) e hidroelétrica (60,4%).

A tendência para o futuro é que a participação da energia eólica deve aumentar. Dados da Associação Brasileira de Energia Eólica mostram que o Brasil tem 14,71 GW de capacidade instalada de energia eólica — e outros 4,33 GW já contratados, em construção ou em projeto.

Submarino Riachuelo, o primeiro do programa que prevê a conclusão do primeiro submarino nuclear brasileiro - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Gestão da energia nuclear no governo Bolsonaro preocupa a Argentina, afirma jornal
Estes números, contudo, são tímidos diante do potencial. Roberto Pereira D'Araujo, ex-chefe de departamento em Furnas Centrais Elétricas e consultor do setor elétrico, acredita que o Brasil deveria aproveitar melhor seu potencial na produção de energia eólica.

"Somos o país que tem a maior latitude do planeta, não tem ninguém com a latitude brasileira, a distância entre norte e sul. Isso faz com que o Brasil tenha diversos climas, e é um país tropical, temos ventos constantes. Portanto o 8° lugar, lamento dizer, acho muito ruim."

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала