Legisladores britânicos conclamam Theresa May a aprovar acordo do Brexit em 30 dias

© Sputnik / Alexey Vitvitsky / Abrir o banco de imagensA primeira-ministra britânica Theresa May deixa conferência de imprensa após uma extraordinária cúpula do Brexit realizada pela União Europeia.
A primeira-ministra britânica Theresa May deixa conferência de imprensa após uma extraordinária cúpula do Brexit realizada pela União Europeia. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com o jornal The Sun, se o acordo da primeira-ministro do Reino Unido não for ratificado até meados de março, uma nova lei irá forçar o atraso do Brexit, possivelmente por muitos meses.

De acordo com a mídia britânica, legisladores dos partidos Tory e Trabalhistas se uniram para estabelecer um novo prazo juridicamente válido para meados de março para qualquer acordo com a UE seja ratificado.

A chefe do FMI, Christine Lagarde, discursa durante um evento em Viena em 17 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
'Nada será tão bom quanto é agora', afirma diretora do FMI sobre Brexit
Theresa May disse na terça-feira que faria uma declaração no parlamento em 26 de fevereiro se seu acordo Brexit não garantisse a maioria na Câmara dos Comuns antes disso.

De acordo com o The Sun, a deputada trabalhista Yvette Cooper e o ex-ministro conservador Sir Oliver Letwin revelaram um novo projeto de lei para forçar o governo a solicitar uma extensão das negociações do Artigo 50 e atrasar o Brexit. Além disso, até 20 ministros Conservadores ameaçarão se demitir se lhes for negada a votação livre do projeto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала