Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Queda de helicóptero militar da Etiópia deixa 3 mortos e 10 feridos

© AP Photo / Szilard KoszticsakHelicóptero Mi-8 participando das manobras Clever Ferret 2010 na Hungria (foto de arquivo)
Helicóptero Mi-8 participando das manobras Clever Ferret 2010 na Hungria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Um acidente com um helicóptero militar da Etiópia deixou 3 pessoas mortas e outras 10 pessoas feridas. A aeronave militar caiu no sábado (9) enquanto viajava entre entre duas cidades sudanesas.

O helicóptero militar fazia parte de uma missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), segundo comunicou a Força de Segurança Interina da ONU para Abyei (UNISFA).

"Um helicóptero militar etíope de número de registo UNO 379P com 23 passageiros a bordo caiu hoje perto das 13:10 dentro do composto da Força de Segurança Interina da ONU para Abyei (UNISFA) matando três dos membros de sua tripulação […]. Dez passageiros ficaram feridos com três em condição crítica", disse um comunicado da UNISFA publicado em sua página oficial no Facebook no final do sábado (9).

Participantes se reúnem para a foto da 28ª sessão ordinária da Assembleia da União Africana, em Adis Abeba, na Etiópia, na segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 (AP Photo/Mulugeta Ayene). - Sputnik Brasil
Egito vence disputa para sediar Agência Espacial Africana
De acordo com o comunicado, a causa do acidente ainda não foi descoberta. Uma investigação sobre o acidente foi iniciada, disse o Major General Geber Adhana Woldezgu, chefe em exercício da UNISFA.

"O helicóptero MI-8 estava em uma operação de rotina transportando tropas etíopes em rotatividade de Kadugli para Abyei quando caiu […]. A Etiópia, único país a contribuir com tropas na UNISFA, está atualmente movimentando seus soldados de Kadugli para locais diferentes na área de Abyei", disse o comunicado.

A missão da ONU teve início na região em 2011 após confrontos violentos recomeçaram em Abyei, quando o Sudão do Sul estava prestes a oficialmente proclamar sua independência do Sudão. Cerca de 4.500 militares suportam os esforços de paz da UNISFA. Rica em recursos naturais, a área segue sendo disputada entre Sudão e Sudão do Sul.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала