Diplomatas dos EUA visitam homem acusado de espionagem na Rússia

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensPaul Whelan, el presunto espía de EEUU detenido en Rusia
Paul Whelan, el presunto espía de EEUU detenido en Rusia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Diplomatas norte-americanos visitaram Paul Whelan, acusado de espionagem na Rússia, disseram à embaixada norte-americana em Moscou.

"Hoje representantes da embaixada visitaram Paul Whelan", disse a porta-voz da missão diplomática, Andrea Kalan.

Militantes do grupo terrorista Daesh (foto do arquivo) - Sputnik Brasil
General dos EUA indica quanto falta para exterminar Daesh da Síria
Ele também foi visitado por diplomatas das Embaixadas da Irlanda, Canadá e Reino Unido já que Paul Whelan é um cidadão desses quatro países.

Em 31 de dezembro, o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) anunciou que Whelan havia sido detido em 28 de abril em Moscou "enquanto ele estava realizando atividades de espionagem", razão pela qual uma investigação criminal foi aberta.

Seu ex-advogado, Vladimir Zherebénkov, revelou que Whelan foi preso com documentos secretos. As leis em vigor na Rússia preveem uma pena de 10 a 20 anos de prisão pelo crime de espionagem.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала