- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro deu sinal verde para proposta que quer liberar porte de armas, diz jornal

© Foto / Tânia Rêgo / Agência BrasilPresidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu o seu aval para que a proposta que prevê a liberação do porte de armas no Brasil avance no Congresso Nacional a partir de fevereiro, segundo informações publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo nesta segunda-feira.

De acordo com a publicação, o sinal verde de Bolsonaro foi relatado por integrantes da Frente Parlamentar da Segurança Pública, popularmente conhecida como Bancada da Bala, e as articulações entre os parlamentares já começaram.

Ao jornal, o deputado federal Capitão Augusto (PR-SP), também presidente da Bancada da Bala, revelou que o grupo terá uma reunião já nesta quarta-feira para definir algumas metas, na busca pela construção de um consenso sobre como levar o tema ao plenário.

Inicialmente, a ideia da bancada é aproveitar o projeto já em tramitação, de autoria do deputado federal Rogério Peninha (MDB-SC), que revoga o Estatuto do Desarmamento. Fechar a questão dentro da própria frente, que conta com 240 parlamentares, é um dos desafios.

Imagem de um revólver Taurus, de fabricação brasileira - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Decreto de Bolsonaro: donos da Taurus podem ter lucrado R$ 10 milhões com flexibilização

A publicação ainda afirma que a proposta para liberar o porte de armas – que significa a autorização para que pessoas transitem com armas em ambientes públicos, hoje restrito às forças de segurança – pode ser levada ao plenário da Câmara dos Deputados até o meio deste ano, quando, espera-se, a Reforma da Previdência já esteja aprovada.

Há alguns dias, o governo Bolsonaro afirmou ter cumprido uma promessa de campanha ao modificar critérios para a posse de armas – tê-las dentro de casa – no Brasil. A medida não reuniu consenso entre especialistas, que duvidam da sua eficácia na segurança pública.

O decreto de posse do presidente, porém, decepcionou muitos de seus eleitores que esperam ter trânsito livre para andar armados pelas ruas. A tendência é que a Bancada da Bala também exerça pressão, já que, de acordo com Capitão Augusto, medidas pedidas pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, como a alteração da Lei de Execução Penal, só seriam votadas após a Previdência e a autorização do porte de armas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала