Rússia registra movimentos intensos de satélites militares americanos

Nos siga noTelegram
Dispositivos de rastreamento russos registram movimentos intensos na órbita geoestacionária dos satélites militares norte-americanos GSSAP, destinados a vigiar outros aparelhos militares no espaço, segundo um documento do Centro Científico Espacial obtido pela Sputnik.

Relata-se que o sistema de alerta automatizado russo para situações de perigo no espaço detectou mais de 400 manobras realizadas até 2018 apenas por um dos quatro aparelhos GSSAP. 

KSC-2012-2897 (22 May 2012) --- The SpaceX Falcon 9 rocket soars into space from Space Launch Complex-40 on Cape Canaveral Air Force Station in Florida at 3:44 a.m. (EDT) May 22, 2012, carrying the Dragon capsule to orbit. - Sputnik Brasil
Planos dos EUA para guerras espaciais são reais, alerta ministério da Rússia
Além disso, ele se aproximou do satélite de comunicação norte-americano MUOS-5, cujo motor principal havia enguiçado.

Entre 2014 e 2016, os EUA lançaram quatro satélites no âmbito do programa GSSAP para monitorar e controlar o espaço exterior para a Força Aérea dos EUA.

De acordo com dados oficiais, os satélites desta rede de vigilância estão localizados próximos da órbita geoestacionária a uma altitude de mais de 35 mil quilômetros e vigiam outros satélites com o uso de equipamentos óptico-eletrônicos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала