Maduro decide fechar embaixada e consulados da Venezuela nos EUA

© REUTERS / Miraflores PalaceNicolás Maduro, presidente da Venezuela
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro declarou ter decidido fechar a embaixada do país e todos os consulados nos Estados Unidos.

Nicolás Maduro também disse que concorda com o apelo do México e do Uruguai para o diálogo, informou Reuters.

El opositor venezolano Juan Guaidó - Sputnik Brasil
'Ele foi forçado': houve pressão externa sobre Guaidó na Venezuela, diz embaixador russo
Mais cedo nesta quinta-feira, a embaixada da Venezuela nos Estados Unidos suspendeu os serviços consulares devido à ruptura das relações diplomáticas entre os países.

Nicolás Maduro cortou relações diplomáticas com os Estados Unidos na quarta-feira, acusando Washington de tentar realizar um golpe de Estado em Caracas. Wasington, por sua vez, pediu que ele renunciasse, e manifestou apoio ao líder da oposição, Juan Guaidó.

O governo dos EUA foi um dos primeiros a reconhecer o líder da oposição, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela. Outros países seguiram seu exemplo, tais como: Canadá, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Geórgia, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru.

Maduro disse que Washington tentou encenar um golpe de Estado na Venezuela e anunciou sua decisão de cortar relações diplomáticas com os Estados Unidos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала