Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Forças Armadas da Venezuela irão defender a Constituição, diz ministro da Defesa

© AFP 2021 / Yuri CortezSituación en Caracas tras el alzamiento militar
Situación en Caracas tras el alzamiento militar - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro da Defesa venezuelano, Vladimir Padrino, disse nesta quarta-feira (23) que os militares do país continuarão a defender a Constituição venezuelana e a soberania nacional e que não aceitarão um "presidente imposto".

Pedrino usou o Twitter para dizer que os militares não irão aceitar "um presidente imposto nas sombras de interesses escusos nem proclamado à margem da lei".

Policiais durante confronto com manifestantes antigovernamentais em Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Rússia mantém reconhecimento de Maduro como presidente legítimo da Venezuela
Sem citá-lo nominalmente, Pedrino se referiu a Juan Guaidó, opositor do governo Maduro e presidente da Assembleia Nacional que se autodeclamou presidente interino da Venezuela durante um protesto em Caracas. 

A partir deste momento, os Estados Unidos, Brasil, Paraguai, Colômbia, Canadá, entre outros países, deram legitimidade a Guaidó. Desde o início da manhã de hoje, Caracas está tomada por protestos.

​Maduro fez um pronunciamento duro, cortou relações diplomáticas com os Estados Unidos e acusou os opositores de tentarem dar um golpe de Estado no país.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала