- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Quem vem? Confira a lista de convidados internacionais da posse de Bolsonaro

© AP Photo / Leo CorreaNetanyahu e Bolsonaro durante encontro em uma sinagoga no Rio de Janeiro
Netanyahu e Bolsonaro durante encontro em uma sinagoga no Rio de Janeiro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na terça-feira (1), primeiro dia de 2019, o governo de Jair Bolsonaro (PSL) começará. Com a posse em Brasília, a lista de chefes de Estado já foi alvo disputa após os líderes de Cuba, Venezuela e Nicarágua serem vetados.

Ainda assim, a maior parte dos presentes são líderes da América do Sul, mas há também um representante da Europa e outro do Oriente Médio, confira:

Bolívia (Evo Morales), Chile (Sebastián Piñera), Colômbia (Iván Duque), Hungria (Viktor Orbán), Israel (Benjamin Netanyahu), Paraguai (Mario Abdo Benítez), Peru (Martín Vizcarra) e Uruguai (Tabaré Vázquez). O levantamento é da BBC Brasil

O presidente argentino Mauricio Macri era um nome certo para a posse, mas trocou Brasília pela Patagônia, informa o Página 12

A Argentina seria o destino mais tradicional de Bolsonaro uma vez na cadeira presidencial, mas o político do PSL preferiu visitar primeiro o Chile de Piñera. 

Bandeiras do Brasil e do Mercosul (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Qual será a postura do Brasil em organismos internacionais na era Bolsonaro?
O premiê israelense já está no Rio de Janeiro e reuniu-se com Bolsonaro no Forte de Copacabana. Netanyahu disse que a transferência da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém é uma questão de tempo. 

A medida segue os passos dos Estados Unidos, que fez o mesmo com a sua embaixada em maio de 2018. O presidente Donald Trump não estará presente, mas será representado pelo secretário de Estado dos EUA Mike Pompeo. 

Bolsonaro, Pompeo e o futuro chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, terão agenda logo após a posse. Os países vetados (Cuba, Venezuela e Nicarágua) deverão estar na pauta. 

Já o primeiro-ministro Viktor Orbán está no cargo desde 2010 e vem pela primeira vez ao Brasil. Ele é famoso por sua linha dura contra os refugiados e já foi punido pelo Parlamento da União Europeia por desrespeitar regras democráticas. 

Também estarão presentes Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal, e Ji Bingxuan, vice-presidente Parlamento chinês.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала