Japão divulga VÍDEO em que navio sul-coreano utiliza seu sistema de controle de fogo

© AP Photo / Lee Jin-man, PoolO ROKS Dokdo é um navio de assalto anfíbio sul-coreano. É o navio principal da Marinha da República da Coreia. O porta-helicópteros foi lançado em 2005 e entrou em serviço na Marinha sul-coreana dois anos depois. Atualmente o ROKS Dokdo é o navio-almirante e o maior porta-helicópteros da Marinha da República da Coreia. O navio recebeu o nome do grupo de pequenas ilhas Liancourt Rocks, localizado no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste)
O ROKS Dokdo é um navio de assalto anfíbio sul-coreano. É o navio principal da Marinha da República da Coreia. O porta-helicópteros foi lançado em 2005 e entrou em serviço na Marinha sul-coreana dois anos depois. Atualmente o ROKS Dokdo é o navio-almirante e o maior porta-helicópteros da Marinha da República da Coreia. O navio recebeu o nome do grupo de pequenas ilhas Liancourt Rocks, localizado no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A tensão entre Coreia do Sul e Japão foi elevada nesta sexta-feira (28) depois que o Ministério da Defesa do Japão publicou um vídeo mostrando como um destróier sul-coreano direcionou o radar de controle de fogo a uma aeronave de patrulha japonesa.

A Coreia do Sul reprovou a publicação das imagens e reiterou a rejeição das alegações japonesas de terem acionado por diversas vezes o radar contra a aeronave japonesa.

O vídeo mostra o momento em que o piloto do avião japonês tenta entrar em contato em inglês por várias vezes com a tripulação do navio sul-coreano.

"Navio da Marinha da Coreia do Sul, indicativo de costado 971. Aqui é a Marinha do Japão. Observamos que a antena do sistema de controle de fogo está direcionada para nós. Qual é o objetivo de suas ações?", diz o piloto japonês.

Entretanto, não foi recebida nenhuma mensagem de resposta por parte do navio da Marinha sul-coreana.

Aeronaves japonesas F-15 - Sputnik Brasil
Japão inicia negociação para vender seus antigos caças F-15 aos EUA
O incidente ocorreu no dia 20 de dezembro ao largo da costa da península de Noto, conforme o Ministério da Defesa do Japão. O Japão alega que o navio sul-coreano engajou com o radar de controle de fogo a aeronave de patrulha do Japão.

Perante esse fato, o Japão emitiu um protesto oficial. Por outro lado, a Coreia do Sul insiste que seu navio estava ajudando um navio norte-coreano que estava com dificuldades nas imediações da área onde o avião japonês estava voando.

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul expressou sua "profunda preocupação e decepção" devido à publicação do vídeo pelo ministério japonês.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала