Testemunhas informam que militares americanos continuam presentes na Síria (VÍDEO)

© AP Photo / APTVMilitar estadunidense vigia área em veículo blindado na Síria
Militar estadunidense vigia área em veículo blindado na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares norte-americanos não saíram da Síria e continuam patrulhando as ruas da cidade síria de Manbij, localizada do nordeste do país, revelaram à Sputnik testemunhas, concedendo até mesmo um vídeo da patrulha.

O vídeo gravado em 23 de dezembro mostra quatro veículos militares com bandeiras norte-americanas patrulhando uma rua em Manbij. "Saíram da região al-Ayn, situada perto das posições da oposição síria que é apoiada pela Turquia", contou um interlocutor da agência.

A testemunha ainda afirmou que militares dos EUA realizam também a patrulha a pé pelas ruas e mercados, acompanhados por militantes das Forças Democráticas da Síria (FDS).

Em 19 de dezembro, Donald Trump declarou a vitória dos EUA contra o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países) na Síria, destacando que o grupo terrorista era o único motivo pelo qual as tropas americanas se encontravam no país árabe. Posteriormente, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, afirmou que os Estados Unidos iniciaram a retirada das forças da Síria, observando que isso não significaria "o fim da luta da coalizão internacional liderada pelos EUA contra o Daesh".

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, comentando à Sputnik a retirada das tropas dos EUA da Síria, declarou que seria difícil resolver problema da presença militar ilegal dos EUA no país. "Veremos no que resultará a 'saída' dos EUA da Síria declarada pelo presidente Trump", declarou Lavrov.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала