Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Taxa de emprego no Reino Unido tem alta recorde, mesmo com temores sobre o Brexit

© REUTERS / Luke MacGregorAn employee is seen walking over a mosaic of pound sterling symbols set in the floor of the front hall of the Bank of England in London
An employee is seen walking over a mosaic of pound sterling symbols set in the floor of the front hall of the Bank of England in London - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Instituto Nacional de Estatística (ONS) também divulgou que os ganhos reais na Grã-Bretanha estão crescendo no ritmo mais rápido desde o final de 2016.

O emprego no Reino Unido voltou a um recorde em outubro, apesar da incerteza prolongada trazida pelo Brexit, revelaram dados do ONS nesta terça-feira. Pesquisadores descobriram que cerca de 32,5 milhões de britânicos estão trabalhando entre agosto e outubro, quase 400 mil a mais que o mesmo período de 2017.

A primeira-ministra britânica Theresa May deixa conferência de imprensa após uma extraordinária cúpula do Brexit realizada pela União Europeia. - Sputnik Brasil
Votação contrária ao Brexit no Parlamento criaria 'incerteza', diz May
Comentando sobre os dados positivos sobre o emprego, o estatístico do ONS, Mark Hughes, observou que a recente onda de crescimento no emprego foi impulsionada por um aumento dos trabalhadores em tempo integral. Além disso, ele relatou que a taxa de desemprego permaneceu relativamente constante, acrescentando que o aumento do desemprego foi resultado de uma queda na taxa de inatividade.

"Os ganhos reais estão crescendo mais rapidamente do que em qualquer outra época desde o final de 2016", disse Hughes na terça-feira.

Enquanto isso, a libra esterlina sofreu nova forte queda de 0,5% em relação ao dólar dos EUA, após a primeira-ministra Theresa May ter adiado a votação parlamentar sobre seu acordo do Brexit.

A libra sofreu quedas mais profundas contra as principais moedas no mercado FOREX ao longo das negociações e após o resultado do referendo de 2016, com investidores alarmados com a perspectiva de a Grã-Bretanha se retirar da União Europeia (UE) sem acordo. Ainda não está claro exatamente quando a votação ocorrerá, mas um porta-voz do governo disse na terça-feira que os parlamentares vão votar o acordo antes de 21 de janeiro.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала