Fim da era do ouro: paládio 'vence' corrida de preços impulsionado por alta demanda

© Sputnik / Pavel Lisitsin / Abrir o banco de imagensBarra de paládio (imagem de arquivo)
Barra de paládio (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O paládio superou o preço do ouro nas bolsas de valores, batendo o recorde em preço por onça nesta quarta-feira (5), escreveu a Bloomberg.

Os futuros de paládio, metal obtido principalmente na Rússia e África do Sul, atingiram US$ 1.233,82 (R$ 4.783,1) por onça (uma onça equivale a cerca de 31 gramas), chegando bem perto do valor do ouro, segundo a edição.

Paládio - Sputnik Brasil
Novo ouro? Graças à China, preços do paládio batem recorde histórico
Mas hoje (5), o metal de transição do grupo da platina já estava sendo vendido por US$ 1.251,88 (R$ 4.854,51), enquanto uma onça de ouro ficou em US$ 1.236,29 (R$ 4.794,05).

Uma maior demanda no setor de fabricação automobilística levou ao aumento dos preços deste metal industrial. Ele é principalmente usado em conversores catalíticos destinados à conversão de gases tóxicos emitidos em outros menos nocivos.

A alta demanda, principalmente chinesa, favorecerá o aumento dos valores desse metal, pois Pequim se preocupa cada vez mais com problemas relacionados com a poluição ambiental.

Por ser um metal raro, não será fácil fazer com que sua produção cresça rapidamente para atender à demanda do setor.

O fornecimento do paládio depende da exploração e do investimento em outros metais, pois ele vem como um subproduto da mineração de níquel na Rússia e da extração de platina na África do Sul, que produzem juntas cerca de três quartos da oferta mundial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала