Defesa antiaérea da Crimeia é reforçada com novíssimos sistemas Pantsir-S

© Sputnik / Yevgeny BiyatovSistema de mísseis terra-ar Pantsir-S na Praça Vermelha em Moscou
Sistema de mísseis terra-ar Pantsir-S na Praça Vermelha em Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia implantou uma divisão de sistemas de artilharia Pantsir-S na Crimeia, reforçando a defesa antiaérea do Distrito Militar do Sul, relatou a assessoria de imprensa do distrito.

"As unidades de defesa antiaérea do Distrito Militar do Sul deslocadas na Crimeia receberam em outubro de 2018 os novíssimos sistemas de defesa antiaérea [Pantsir-S] no âmbito do programa de rearmamento das tropas", diz o comunicado.

Sistemas de mísseis S-400 Triumph do regimento de defesa antiaérea do Distrito Militar do Sul que foi colocado em serviço em Teodósia, na Crimeia - Sputnik Brasil
Crimeia está protegida de ataques aéreos de todas as direções, diz general russo
Antes, os Pantsir-S participaram de exercícios de fogo real na região russa de Astrakhan.

Para além disso, ontem (29), a quarta divisão dos novos sistemas de defesa antiaérea S-400 Triumpf entrou em serviço no norte da península da Crimeia, a 20 km da fronteira com a Ucrânia.

O Pantsir é um sistema de artilharia antiaérea de curto e médio alcance. O sistema tem um recurso para disparar automaticamente com armamento de artilharia se o alvo não tiver sido atingido após o ataque inicial com mísseis. Este armamento equipa, além das Forças Armadas russas, os exércitos da Argélia, Irã, Iraque, Emirados Árabes Unidos, Síria, Líbia e Omã.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала