Índia irá gastar US$ 1,5 bilhão para comprar mísseis russos

© Sputnik / Vitaly Timkiv / Abrir o banco de imagensLançamentos de míssil do sistema antiaéreo russo Igla no quadro do concurso militar Chistoe Nebo (Céu Limpo)
Lançamentos de míssil do sistema antiaéreo russo Igla no quadro do concurso militar Chistoe Nebo (Céu Limpo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia ganhou o contrato para fornecer à Índia sistemas de defesa antiaérea no valor de US$ 1,5 bilhão (R$ 5,6 bilhões), revela uma fonte da indústria militar russa.

"Sim, nosso Igla [sistema de mísseis antiaéreos portáteis] venceu", confirmou o interlocutor da Sputnik.

No entanto, a Agência Federal de Cooperação Técnico-Militar ainda não fez nenhum comentário quanto a esse contrato.

O Igla é um míssil terra-ar fabricado pela empresa russa NPO Mashinostroeniya com a capacidade de abater aviões e helicópteros.

Exercícios militares na zona tropical do Chapare, no departamento de Cochabamba, Bolívia (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Exército da Bolívia demonstra potência militar com mísseis de fabricação própria
Em 19 de novembro, o canal de televisão indiano NDTV informou que a Rosoboronexport — empresa estatal da Rússia que realiza exportações e importações de produtos, tecnologias e serviços militares e de defesa — ofereceu as condições mais favoráveis no concurso que a Índia havia aberto para o fornecimento de sistemas antiaéreos portáteis.

Entre os participantes do concurso estava a empresa sueca SAAB e a multinacional europeia MBDA.

A Rússia e Índia são os maiores parceiros na área de cooperação técnica-militar: mais de 70% do armamento e material militar que estão em serviço nas Forças Armadas da Índia são de produção russa ou soviética. Ademais, a Rússia fornece anualmente ao país material militar e armamentos no valor de vários bilhões de dólares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала